Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Qui 3 Mar 2016 - 11:31

É de conhecimento de todos em Arton que recentemente Fallarel Agorin arauto da comunidade élfica de Valkaria, estava a convocar todos os elfos para uma assembléia a ser realizada na Praça de Glórienn, no momento especula-se diversos motivos de tal convocação, que seria revelado apenas no dia marcado da reunião isso será daqui a uma semana da data de seu anuncio de convocação. O Comunicado se espalhou no mesmo dia de seu anuncio e alcançou a simples vontade ambiciosa de uma entidade, que agora vê seu sonho ganhar vida.
****

@Andrian
Spoiler:

Ano 1410 Valkaria (Cidade da Praia)

 Andrian chegava em Valkaria quando soube da noticia que se espalhava de forma rápida sobre a convocação Élfica, pelo que soube entre os comentários dos plebeus se tratava de uma reunião elfica na vila dos elfos, alguém chamado Fallarel Agorin estava organizando a reunião. O Jovem Elfo continuava sua busca por conhecimento em novas técnicas de manejo de espadas, com estava tarde da noite o elfo achou melhor passar o resto da mesma em uma taverna para descansar e seguir seu caminho no dia seguinte. Quando entrou em transe para descansar foi perturbado por sonhos. O jovem elfo era visitado por uma criatura humanoide, na qual ele não conseguia defini-la pelo fato da mesma estar completamente coberta por um manto de cor negra com detalhes em dourados, dois  broches de prata prendiam o manto do humanoide, seus broches eram familiar ao elfo, tinha algo em comum com um simbolo já conhecido por Andrian, no momento graças ao capuz a criatura se fazia oculta, mas pela voz suave Andrian percebia que era uma mulher.

 Só agora o elfo percebia que estava em um enorme salão as paredes do recinto eram cobertas por estantes com mapas, livros e pergaminhos. A enorme mesa central feita da mais fina madeira nunca vista em Arton, mas sim pertencente à um plano divino em seu centro estava o mapa de toda a Arton -Sul, na verdade uma replica em miniatura da própria Arton-Sul.  Se Andrian prestasse atenção em um determinado ponto onde estava alguma miniatura veria a própria localidade em questão e em tempo real em Arton, sobre o mapa estava algumas miniaturas representando tropas, estruturas, criaturas todas posicionadas em seu devido lugar de origem naquele enorme mapa. O chão de mármore branco no qual Andrian andava revelava um enorme simbolo em seu centro, boa parte do desenho lembrava  brasão de um conhecido Deus, mas alguns detalhes significantes o diferenciavam.

Parada de pé a frente do Andrian que vestia uma túnica branca com símbolos elficos que ele nunca viu antes, outra situação desconfortável além de estar preso em um sonho era que por mais que ele tentasse ver ou adivinhar quem estava ali na sua frente, era inútil, pois algo sempre bloqueava qualquer tentativa sua de reconhece-la. Com calma a jovem andava pelo salão despreocupada.

-Andrian, vamos esperar mais um convidado, para começarmos nossa conversa ... A voz da jovem era serena e ao mesmo tempo transmitia uma sensação de comando no qual o elfo não conseguia se desvincilhar, mas ainda assim ele tinha total controle de sua vontade.


@Garret Uriah
Spoiler:

Ano 1410, Valkaria (Vila de Lena)

 Garret Uriah movido pela vontade de resgatar a tradição de sua família e gloria perdida a gerações, o veterano soldado estava de passagem pela cidade de Valkaria, o sol já estava se pondo quando ele chegou a Vila de Lena, a primeira coisa que fez foi procurar uma taverna para descansar, assim que encontrou uma de seu agrado, tratou de alugar um quarto, depois que comeu ficou mais a vontade tratou de ir dormir na manhã seguinte tinha que procurar algum trabalho, quem sabe a melícia local não o aceitaria, afinal ele era um soldado veterano tinha muito conhecimento em combate, o que viria a ser útil para uma outra pessoa no qual ele nem imaginava quem  era.

 Assim que deitou na cama Garret apagou em um sono profundo, agora ele se encontrava em um imenso corredor no qual suas paredes eram decoradas com inúmeras tapeçarias retratando cenas de batalhas desconhecidas por ele, no final deste corredor dava acesso a uma grande porta dupla de madeira reforçada, Garret percebia que a madeira da porta era inexistente em Arton, ela era mais resistente e dura como ferro, quando ele abriu a porta sem muitas dificuldades, encontrou a sua frente uma enorme sala e no seu centro uma grande mesa feita do mesmo material da porta, as paredes do salão eram cobertas por estantes contendo todo o tipo de documento, livros o chão era feito de mármore branco e em seu centro tinha um simbolo sagrado, mas fora o fato de ter uma figura humanoide totalmente oculta em suas vestes no lado da mesa e o elfo em vestes brancas com inúmeros símbolos elficos que ali também estava, Garret vestia uma túnica igual a do elfo. Agora Garret conseguia ver melhor em detalhes a mesa enorme que projetava um mapa em miniatura de Arton-Sul.

 Antes dele fazer alguma coisa ou falar, a figura misteriosa chamava sua atenção.

-Seja bem vindo Garret ao meu salão... Ao falar ela também exercia sua influencia de comando sobre o veterano, que por sorte ainda mantinha sua vontade de escolha, ele percebia também pela voz suave da criatura humanoide que possivelmente ela seria uma mulher.


@ Andrian & Garret Uriah

A jovem seguia parada frente ao centro da enorme mesa e continuava com seu dialogo.
-Veja Andrian este é Garret, eu o escolhi pessoalmente para esta missão na qual Fallarel Agorin esta anunciando... E você também por ser um elfo...
Ela se movia para a enorme porta dupla a fechando, logo voltava com sua explicação.
-Tenho mais duas pessoas para completar o grupo,  mas não achei apropriado traze-las ao meu recinto, um por não acreditar em deuses a outra por praticar atos no qual não me agradam nem um pouco... Ela estava parada frente a enorme porta dupla da entrada do salão tirava seus broches de prata de seu manto, mas o mantinha a protegendo dos olhares curiosos de seus dois convidados -Eu quero que vocês participem da Reunião Elfica que esta para acontecer e ajudem Morian em sua missão... Como de costume ela se movia novamente agora ate a enorme mesa, mudando seu mapa, tanto Garret, quanto Andrian reconheciam a nova forma do mapa, agora a mesa mostrava a cidade de Valkaria e pontos marcados por miniaturas, mas pontos específicos como sempre dentre eles a miniatura de ambos em suas localidades no mapa.
-Vocês tem alguma duvida?

OFF: Pode realizar qualquer teste desde que este teste não cause um efeito estupido ou mortal para o personagem.
****


Última edição por Valkyria em Dom 18 Set 2016 - 21:00, editado 1 vez(es)
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 711
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Sex 4 Mar 2016 - 13:38

Andrian finalmente chegara a Valkaria, o que era um alivio depois de tanto tempo de um lado para o outro. Ele estava cansado, mercenários na estrada e depois aquele ogro na floresta. Pelo menos foi bom colocar suas habilidades em prática.

Entretanto, no fim estava exausto e precisou encontrar algum lugar para recuperar as forças. É claro que não foi difícil fazer isso na capital e logo ele estava em um quarto.

Porém seus sonhos foram invadidos, ou ele foi levado á algum lugar? Não sabia ao certo, mas tudo que fez a principio foi analisar o local e depois suas roupas.

"É serio? Eu estou de camisola?"

Depois sua atenção foi desviada para o mapa e em seguida para a figura em sua frente. Ele tentou puxar na memória de onde conhecia aqueles símbolos, assim como tentou reconhecer aquele que estava gravado no chão. Quando fez menção de falar a mulher disse que mais alguém chegaria. E chegou.

Andrian olhou desconfiado para Garret logo de inicio, e percebeu que se tratava de um combatente também. Ele não estava a vontade, até que a mulher voltou a falar e explicar sobre a Reunião Élfica.

Depois de tudo, Andrian semicerrou os olhos e falou:

- Não me leve a mal dona, mas eu tenho certa desconfiança quanto a ser trazido para lugares assim em um sonho... E por Keen, que isso seja um sonho... Mas você poderia me dizer quem é você ou que lugar é esse?

OFF:
OFF:

Quero fazer um teste para ver se lembro algum dos símbolos élficos, fica a critério da mestra o que eu preciso usar.

Vou fazer um teste de Conhecimento (religião) para tentar descobrir sobre o simbolo no chão. Eu sei que não treinado, mas enfim.
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Rant em Sex 4 Mar 2016 - 17:18

Garret chegara a Valkaria novamente depois de outra missão e nunca deixava de impressionar com a grandiosidade da cidade. Não conseguia deixar de admirar aquela mistura de culturas impossível de replicar, mas em breve deveria partir novamente a procura de trabalho e de seu destino.

Enquanto descansava foi tragado para um sonho estranho, mas a situação incomum logo o mostrou que a aquilo não era só um sonho. Alerta ao ambiente em que de repente se encontrava, tentou avaliar se aqueles presentes ali eram hostis ou não. Da forma como a figura aparentemente feminina se apresentou, ele julgou de imediato que a "reunião" não era hostil. Será que seu destino estava se apresentando?

Mantendo uma postura firme mas não agressiva, Garret ouviu o discurso do ser que provavelmente o havia trazido até ali. Ao escutar a outra figura questioná-la, entendeu que o outro havia sido trazido até aquela situação do mesmo jeito.

- Assim como o mestre elfo, eu desejo saber realmente o que você deseja e dependendo da resposta acho que podemos conversar direito.

avatar
Rant
Adren
Adren

Mensagens : 190
Data de inscrição : 19/02/2016
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Sab 5 Mar 2016 - 18:35

@Kss

Ano1410, Valkaria (Área Nobre)

Kss seguia normalmente com sua vida tranquila em meio as suas criações naquela semana no dia que foi anunciado a reunião élfica, ele estava a trabalhar em mais um projeto seu, sua loja de alquimia também estava bastante movimentada por alunos da academia Arcana, trabalhavam em outros experimentos não convencionais ao mercado aberto.

Já perto do fim de tarde Kss recebia a visita de dos elfos, a dupla trajava uma bela armadura elfica de prata rigorosamente trabalhada, na verdade foram forjadas pessoalmente por Klangor, ambos cobertos por um manto de cor vinho, e dois broches a prendia uma com um simbolo religioso e outra com o simbolo de uma família elfica muito antiga.

O elfo se inclinava para frente em cumprimento a kiss assim como sua companheira -Senhor Kss, desculpa incomoda-lo, mas trago uma carta para o senhor... Ele voltava a sua posição estendia o braço direto a sua companheira, a mesma entregava o envelope para o vaga Lume.
-Senhor, sua missão siga as instruções do envelope e boa sorte... ela o reverenciava e antes de partir  concluiu um ultimo aviso .
-Sua irmã esta em debito com nossa senhora, e foi ela mesma que mandou este envelope para o Senhor , ela falou que você poderia resolver este assunto e pagar o debito... Até aquele momento o casal elfico se mantinha neutro, sua unica função era entregar o envelope ao Aphega ele não tinha escolha de não aceitar o trabalho, uma vez que sua irmã cometeu um grave pecado.
OFF: Teste Conhecimento nobreza, religião CD 20 e somente treinado.
Obter Informação CD20
Intuição CD 5
O conteúdo da carta eu te mandei por MP.

****

@Morrigu
Ano1410, Valkaria (Área Nobre)

Morrigu vagava pela grande cidade de Valkaria, transitava a procura de uma conhecida loja de Alquimia na área nobre, segundo sua contratante Morrigu deveria se encontrar com um homem chamado Aphega Kss, Morrigu partiria para a Reunião elfica junto do mesmo e mais duas outras pessoas. Morrigu saberia quem era graças a uma fina corrente de prata e um pingente com um simbolo em especial que cada individuo teria para sua identificação, o jovem necromante também foi avisado sobre a tentativa de falsificar o amuleto ele seria condenado a morte.

Chegando no final de tarde frente ao estabelecimento no qual foi mandado ele já reconhecia a pessoa no qual deveria se apresentar e prestar seus serviços como companheiro de grupo, bastava mostrar a corrente com o pingente para Kss e esperar o dia da reunião chegar para começar seu trabalho, indagado sobre qualquer coisa ele deveria revelar pouco de sua missão, com o mesmo tinha duas cartas uma para o Kss onde explicava que Morrigu era um dos escolhidos para formar o grupo que ajudaria Morian, na segunda carta era contrato firmado de Morrigu com a ordem e suas instruções do que deveria fazer.


OFF: Obter informação CD 15 para a dupla de elfos
Intuição CD 5 para a dupla de elfos
carta por mp
Entre vocês não tem a necessidade de testes, somente se for uma ação de obter informação e Intuição caso queiram mentir descarado um para o outro.
****

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 711
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Sab 5 Mar 2016 - 21:45

- Grr..., grunhiu baixo o cientista, após ler os dois conteúdos. Ele precisava trabalhar, sempre pensava melhor quando trabalhava. E, precisava saber mais. Bem mais.

O alquimista se volta para o casal e estica-lhes uma das mãos, dizendo:

- Eu posso examinar uma de suas armas, por gentileza?

Kss pretendia examinar uma das armas dos dois, pois pela história da ferramenta descobriria mais do que sondando a ambos.

OFF: Dois testes de Ofício - armaria +13, um para descobrir a origem do estilo de confecção da arma, e outro para saber o quanto ela já foi usada.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 629
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Ter 8 Mar 2016 - 9:36

@Andrian & Garret Uriah
Ano 1410 (Mundo dos Sonhos)

A criatura saia de  perto da mesa, passava pelos convidados, Andrian e Garret percebiam o  quanto ela era baixa perto deles deveria medir um metro e sessenta e sete, ela percebia a desconfiança de ambos e não ficava nada contente, quando chegou a frente da dupla ela parava tirando o manto, revelando a ambos sua bela forma  de uma elfa não muito alta de pele caucasiana, cabelos castanhos claro compridos e lisos onde suas pontas passavam sua cintura, seus olhos eram de uma cor purpura unica, no momento vestia um vestido branco longo que cobria seu corpo de forma delicada realçando ainda mais sua beleza exótica, uma vez que não estava em combate ela se permitia usar belas roupas e poucas joias elficas.

Ela os encarava com um olhar digno de uma rainha ou uma verdadeira líder de guerra, Andrian sentir-se incomodado pela presença dela que o afetava de tal forma a faze-lo lembar da nobreza elfica em seu sangue, mesmo ele não tendo vivenciado o tempo de glória da sua raça, ele sentia orgulho de ser um elfo frente a Deusa, ela  passava a sensação do individuo sentir-se poderoso.

Ao olhar para Garret ela demostrava sua insatisfação com seu comentário, mas passava a ele a sensação de segurança, conforto e poder, para eles ela se dava ao trabalho de explicar tudo
-Senhor Andrian e Garret, desculpa pela forma que chamei vocês dois, mas não poderia convoca-los em Werra, provavelmente cairiam na tentação do plano e seus dogmas para guerra e duelos... Ela se aproximava de ambos e continuava a conversar -Pedi para Neruite trazer vocês para o sonho...Aqui é apenas uma replica da minha sala de guerra, eu me chamo Celaena entre os Humanos, Hullaimm entre anões e atualmente elfos... Também sou uma Deusa da Guerra, mas eu atuo em outra esfera divina que é a Estrategia e invenções... Na verdade sou mais focada na estrategia e táticas de guerra, mas a mim é dado o reconhecimento das invenções tanto bélicas quanto de uso mundano...

Celaena permanecia parada e agora voltava a encarar o Garret. - Eu te chamei aqui para ajudar o jovem Andrian, Garret com à sua experiencia, você é um exímio soldado veterano no qual me chamou atenção e se encaixa perfeitamente para esta missão, seja em meu nome ou em nome do Deus que você acredita, mas eu ficaria honrada em te guiar nas suas missões e reviver a glória perdida de sua família, se você me aceitasse como sua guardiã... Entregando uma fina corrente de prata com seu simbolo a ambos ela seguia a falar, mas agora com Andrian.

-Eu preciso de sua ajuda, você deve ir para a reunião Élfica ajudar o meu povo em meu nome ou em nome do Deus que você acredita, mas eu ficaria com certeza muito contente se me aceitasse como sua Divindade protetora... Vocês devem dar seu apoio a Morian ele segue a vontade de keenn, mas isso não me importa eu mesma sou aliada do Senhor Keenn... Vocês perceberam que ela fala com ternura sobre o Deus e de forma intima o chama de Senhor, mas não Deus.

-Vocês devem ir para a Area nobre da Cidade de Valkaria, lá em uma loja de Alquimia, vocês devem encontrar dois Humanos um se chama Kss e o outro Morrigu... Ela criava uma imagem de ambos para Andrian e Garret conhecerem bem os indivíduos que deveriam encontrar. -Vocês não podem intervir na vontade de Morian ele segue Keenn e eu não posso intervir nos devotos do Senhor Keenn... Já entreguei muitas informações que somente Morian tem conhecimento, não espalhem isso para ninguém a não ser para o seu próprio grupo...

Celaena passava a mão sobre as imagens a desfazendo, logo estendia sua mão direita materializando uma espada grande que era familiar a Garret, em sua outra mão ela ainda segurava os broches, agora com semblante mais séria ela os encarava a ponto de dar um frio na espinha de cada um, mostrando que agora não estava mais brincando e o tempo das explicações havia acabado.

-Posso contar com a colaboração dos Senhores, já tenho mais duas pessoas esperando por vocês em uma certa loja, basta encontra-los e mostrar a corrente de prata com meu simbolo a eles...

OFF:
-Bom, segunda parte graças ao comentário do Garret, terminou a intimidade de um dialogo de igual para igual. (Atitude Amistosa)
-A túnica é para deixar vocês vulneráveis, sem seus equipamentos.
-Ela não esta mentindo para vocês.
-Intuição CD 0
-Obter Informação CD 20
-Qualquer outro teste que queiram fazer pode rolar eu defino mais tarde a CD.
-Andrian você percebe que o simbolo dela é parecido com o do Keenn só que no lugar do machado e martelo é um pergaminho e/ou mapa. Como você errou pode pensar que ela é o próprio Keenn já que um de seus nomes também é o nome usado por ele.
Quanto aos símbolos na túnica de vocês são todos brasões de famílias nobres elficas que moravam(ou vivem ainda) em Arton-Sul.(mas Andrian sabe apenas que são brasões)


****

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 711
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Ter 8 Mar 2016 - 9:41

@Kss
Ano1410, Valkaria (Área Nobre)

Kss acabava de ler a carta e parecia não ter ficado contente com o que lhe foi revelado, mas ele não tinha escolhas teria que seguir em frente, para o casal de elfos ele pedia para ver sua arma, e prontamente a elfa tirava um de seus sabres da cintura com a bainha entregando para ele examinar.

Kss levou alguns minutos examinando a arma, viu que sua bainha era cuidadosamente trabalhada e mais leve que o normal, seus desenhos e símbolos retratam algo que ele já mais viu em Arton (Mas existentes em Arton-Sul), percebeu-se também que tal material era digno de nobres elfos ou pertencente a alguém de um posto muito elevado em exércitos devido alguns traços nos desenhos representando a arte da guerra. Quanto ao Sabre ele era mais leve que o normal feito de Mitral, revendo com mais calma Kss percebe que a técnica empregada na confecção da arma era desconhecida por ele, sua forma, tamanho, largura encaixes eram cuidadosamente perfeitas não tinha e nem existia uma falha ou defeito, tudo parecia realmente uma unica peça, tal trabalho só poderia ter sido feita por um Deus, mas qual Deus, seria um único Deus especialista em armas. Era o Deus Rhond. Mas Kss não conseguia imaginar um item daqueles em mãos elficas olhou para o cabo da outra arma da elfa e logo em seguida da espada do elfo e percebeu a mesma forma de confecção perfeita, o que significava tudo aquilo e qual o motivo daquele casal elfico estar bem armado.

A elfa ficou à esperar Kss devolver seu Sabre, ela não entendia o fascínio dele pelo artefato em suas mãos.


OFF: Pode realizar qualquer teste que achar conveniente eu decido a CD.
Ninguém esta mentindo, ninguém ainda não quer perder tempo com manipulações...
A espada não tem nem uma falha em sua lamina foi usada poucas vezes diria que somente oito vezes.
****

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 711
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Ter 8 Mar 2016 - 13:33

O semblante de Andrian muda completamente ao ver o rosto da deusa. Ele abre um sorriso e se apoia na mesa.

- Uou, nossa, você é realmente muito bonita, mas talvez eu não tenha chance pelo fato de você ser uma divindade, não é? - ele ergue a sobrancelha e espera durante alguns segundos uma resposta - Mas sim, eu irei nessa reunião aí.
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Ter 8 Mar 2016 - 17:16

Ao terminar o seu exame Kss exibia uma face ao mesmo tempo de fascinados quanto de respeito pelo item, mas logo o deixou o impressionante bem para as mãos do seu proprietário.

- Eu estarei esperando por eles, respondeu ao casal élfico antes de dispensá-los.

Kss agora tinha um novo interesse. Embora não cresse em deuses, Rond era uma presença física e um armeiro tanto respeitado por todos os artífices quanto ponto de referência nessa arte, se tal mestre estivesse relacionado aquilo tudo haveria muitas oportunidades de algo a se aprender.

O alquimista passou a perambular pela sua loja, ele revia o estoque e dava avisos para breve, aguardando as visitadas e... se preparando adequadamente.

OFF: Kss compra duas poções de elixir da vida menor Kss de sua própria loja, tendo o cuidado de depositar o valor do custo material (40 TO).

Tal valor material seria extraído do lucro mensal de 50 TO, pois ao deixar de vender também havia deixado de obter lucro.

Após fazer as suas contas, Kss cuidou de apanhar os seus componentes materiais, suas ferramentas, luvas, avental e vai para o fundo da loja, no laboratório. Afinal, granadas eram boas, pois podiam afetar alvos em área, mas não seria bom se alguém que não as estivesse procurando desejasse relatar o emprego de pólvora a guarda de plantão no bairro dos magos naquele dia.

OFF: O alquimista usa a sua habilidade especial de mestre armeiro para criar o projetil arremessável [granada obra prima, 130TO] em sua própria loja, o que aumenta o bônus de itens alquímicos em +1 dado, e pagando apenas ¹/³ do valor de mercado e aplicando o talento Alquimista Avarento para diminuir esse mesmo valor pela metade.

Sugestão de teste, vide Wikia TRPG: Ofícios [alquimia] +25 contra CD 30 (25 item complexo +5 obra prima)
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 629
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Rant em Qui 10 Mar 2016 - 10:32

Garret ouve a apresentação da figura a sua frente e relaxa a postura ao compreender também melhor a proposta. Celaena, a forma como se apresentara a deusa, provavelmente dizia a verdade e mesmo que não fosse realmente deusa, apenas criaturas extremamente poderosas podiam fazer o que ela estava fazendo (pelo menos era o que Garret concluíra).

Garret nunca fora religioso apesar de acreditar nos deuses. Eles sempre foram distantes, mas um ocasional milagre de seus sacerdotes, padres e guerreiros sagrados claramente provara a ele suas existências. O ser a sua frente se identificava como uma deusa e agora fazia sentido a sensação de poder e respeito inerentes a figura. Estar a frente a uma deusa de verdade e presente acendia uma chama de curiosidade e respeito em Garret e a proposta de aceitar o apadrinhamento não passou desapercebida, ficaria martelando em sua cabeça por bastante tempo.

Ao ouvir o tratamento respeitoso, o conhecimento restrito a sua família sobre sua antiga "herança" e o pedido de participar da missão usando seus conhecimentos, decide confiar na figura. A imagem da espada a sua frente o dava mais confiança ainda e ele lembrava de seu antigo chamado novamente.

Estendendo a mão e aceitando a corrente com boa fé, Garret se dirige a ela enquanto olha para a figura da espada e depois para a deusa:

- Régulus Ferrum está a seu serviço senhora Celaena... e é uma honra ser escolhido pessoalmente por um deus, então eu gostaria de conhecer melhor suas normas e trabalhar sobre sua guarda.
avatar
Rant
Adren
Adren

Mensagens : 190
Data de inscrição : 19/02/2016
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Dthanatus em Qui 10 Mar 2016 - 17:28

Morrigu perambulou pela capital de Deheon, observando lugares e pessoas, era a primeira vez na cidade e decidiu criar um mapa de referências mentais caso houvesse a urgência de um combate ou perseguição, precaução nunca era demais.
Apenas quando o crepúsculo começava a tingir o céu de Arton, anunciando a hora de Tenebra, Morrigu aproximou-se da loja onde deveria apresentar-se, usava sua longa foice como um cajado de viagem. O olhos prescrutaram a loja, levou um tempo observando o interior do estabelecimento, antes de chamar com uma voz grave e pesada porém baixa como um sussurro.

- Aphega Kss
avatar
Dthanatus
Filhote
Filhote

Mensagens : 29
Data de inscrição : 08/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Sex 11 Mar 2016 - 21:23

Dentro do seu canto particular do laboratório, Kss nada escutava, ele estava totalmente entregue a tarefa que se punha a realizar.

Fosse qual fosse o incomodo, algum dos alunos da Academia Arcana de Valkaria que utilizava o seu laboratório atrás de créditos extras, um estágio, ou mesmo um dinheiro extra, poderiam cuidar de qualquer cliente que não necessitasse das habilidades específicas do alquimista. E assim ele julgava.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 629
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Seg 14 Mar 2016 - 0:03

@Andrian & Garret Uriah

Celaena pegava um dos broches e encostava na lamina da espada que estava segurando aos poucos o broche mesclava-se a lamina até sumir no final um pequeno simbolo religioso surgia na empunhadura da arma, sem contar que runas douradas surgiam em sua lamina em um brilho dourado no qual desapareceu junto a escrita, estava feito, Celaena tinha liberando os poderes da espada de Garret e entregava a ela sua arma.
-Senhor Garret Uriah, apartir de hoje o Senhor esta sob minha proteção...Use de suas habilidades com sabedoria e justiça, meus devotos o reconheceram como um igual e podem lhe ensinar meus dogmas caso você queira...

Ela aproximava-se de Andrian e sorria com seu ultimo comentário um pouco ousado, mas não o culpava.
-Senhor Andrian, você esta sob minha proteção também... Celaena entregava para o elfo o segundo Broche com seu simbolo religioso, tocando em seu ombro ela moldava sua tatuagem -Andrian ajude meu povo, tal como comentei para Garret você também será reconhecido e respeitado como igual pela minha Ordem religiosa...

Ela seguia para a mesa e mostrava onde encontrar o Kss em meio a seu grande mapa, sem dar mais explicações ela sorria para ambos.
-Boa Sorte... Andria e Garret acordavam de forma brusca já era de manhã não entendiam muito bem o que estava acontecendo mas para Andrian que acordava segurando um Broche em sua mão aquilo realmente aquilo não foi um simples sonho tanto é que se ele olhasse sua tatuagem veria que a mesma havia mudado.

Já Garret que também acordou de forma brusca deparou-se com sua espada escorada a parede ao seu lado ela estava com um emblema em sua empunhadura um simbolo muito conhecido por ele no sonho e não apenas isso sua lamina prateada tinha um brilho especial sem contar que a espada parecia muito afiada que o normal.

OFF: Bom, já foi o primeiro dia Andrian e Garret podem se reunir para irem a casa d Kss ou ir para outro lugar.

_Andrian Sua tatuagem mistica mudou o desenho pode ser o simbolo da deusa ou qualquer outro a sua escolha ( As três magias mudou você troca elas por outras três, de 1º nível a sua escolha de qualquer classe, classe prestigio, mas que seja de 1 nível).

_Garret sua espada agora é de mitral e Precisa 17/20 decisivo.

_Ambos tem (Favor Divino 2 pontos), e guardem o colar nem pensem em perder ou vende-lo.

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 711
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Seg 14 Mar 2016 - 11:37

@ Morrigu & Kss
Ano1410, Valkaria (Área Nobre)


Kss ficou contente com o resultado de sua avaliação, e ainda assim questionava os Deuses sobre a sua existência divina, para ele Rond era apenas o maior mestre frjador de armas e só. Kss seguia para seus afazeres preparava-se para a missão, quando serviu-se do material necessário para sua criação seguiu para para sua área de trabalho no qual começou a sua criação.

Naquele dia em sua loja estavam poucos alunos a trabalhar, quando um convidado em especial adentrava a loja perguntando sobre kss. O convidado era Morrigu que prontamente seguiu com sua missão já estava na loja naquela noite a procura do Kss, bastava e mostrar o colar a dono do estabelecimento e não precisaria dar muitas explicações.

O rapaz que atendia Morrigu, um jovem humano baixinho de um metro e sessenta e oito, usando óculos com vestes parecidas com um robe de mago parecia ser simpático ao atender Morrigu.
-Senhor o que desejas?

A segunda atendente uma elfa de pele caucasiana, cabelos e olhos verdes estava vestida com um uniforme quase que igual ao do Rapaz seguia para dentro da loja a procura do Kss quando o encontrou em meio a seus afazeres o incomodava.

-Senhor Aphega, tem alguém muito estranho procurando pelo Senhor na loja, temo que ele venha em busca de confusão ou queira machucar alguém poderia atende-lo...


OFF: Kss e Morrigu ainda estão no primeiro dia, já Andrian e Garret já estão no segundo dia...
-Intuição para a Humana CD 40
-Caso queira fazer doce em ficar no seu trabalho teste de Vontade CD: 25 (Magia Sugestão).
-criou o item só coloque no tópico [condição da lamentação] o que gastou e o que criou para me manter atualizada, não quero ficar narrando uma semana em jogo de criação para uma granada.

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 711
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Seg 14 Mar 2016 - 17:31

- Gh... gruniu o alquimista antes de dizer:

- Sem estapafurdices, Mell, eu sei bem como tu podes exagerar quando quer alguma coisa logo. Eu irei lá, terminou de responder o estudioso.

Dispensado o quem tinha a fazer, Kss se meteu no balcão dos atendimentos assim que chegou e mirou a pessoa que tivesse a mínima impressão do que Mell descrevera.

Não havia ninguém buscando confusão, mas havia um sujeito baixinho com impressão de exigência. Kss o empertigou e quão logo a pessoa mostrou-lhe o item da missão o alquimista exibiu uma expressão de entendimento positiva ao sujeito.

- Então, tu és Morrigu. Assim, seremos soldados da mesma tropa. Pois bem, escolheremos nossas posições de soldia assim que encontrams os outros. Por enquanto pode sentir-se livre para negociar com os estágios qualquer item da minha loja.

- Por enquanto, tu deves dar-me licença, pois estou com um preparado delicado ali nos fundos.

- Todavia, se precisar de algo mais justo do que eu tenho a disposição nas prateleiras pode procurar-me. Eu já estou cuidando de alguns itens para os próximos dias, alias.

OFF: O Mestre Armeiro leva apenas um dia de trabalho para criar qualquer arma com qual conheça e saiba usar. No mais, eu irei postar lá no tópico sim, Val. ^^
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 629
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Qui 17 Mar 2016 - 14:01

Andrian abre os olhos e vislumbra seu quarto. A única prova de que aquilo tudo não fora uma espécie de sonho ou alucinação era a tatuagem e o cordão, que ele aperta na mão direita.

O elfo levanta em salto e coloca a joia no pescoço e esconde protegida por baixo da armadura. Apanha suas espadas e demais pertences.

"Muito bem, agora tenho que achar a loja..."
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Rant em Sex 18 Mar 2016 - 20:44

Ao acordar de forma brusca Garret ainda se lembra com perfeição daquela reunião. Ao olhar para Régulus próxima a cama, se aproxima e toma a espada, confirmando assim a mudança da mesma tanto em aparência quanto em peso.

O conhecimento da localização de um dos membros da tal missão também aflorava em sua mente. Sem perder muito tempo Garret fez sua higiene e vestiu armadura, após um desjejum na própria estalagem ou taverna próxima caso não houvesse ali, partiu rumo a localização que vira em seu "sonho".

Assim que chegasse ao lugar, pediria para encontrar o Sr. Kss e somente a ele mostraria o símbolo na empunhada da lâmina.
avatar
Rant
Adren
Adren

Mensagens : 190
Data de inscrição : 19/02/2016
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Sex 18 Mar 2016 - 21:34

Caso, o homem tenha aceitado esperar, Kss sai ao fim do expediente e o encara surpreso, se ele ainda encontrar-se na loja após dadas horas do seu ofício.

- Bem, parece que eu terei de atendê-lo mesmo antes do meu segundo turno.
__________________________________________________________________

Todavia, caso Kss não seja solicitado a qualquer coisa urgente ou Morrigu não tenha pressa. Ele trata de enviar um recado a Acadêmia Arcana, pagando o custo de um mensageiro.

Ele diz o seguinte no bilhete:

Caro Mestre Thanatus,

Eu estou a vias de iniciar uma perigosa missão a fim de quitar uma divida contraída por parente meu, outra aluna da estimada Academia Arcana de Valkaria, e o que significa que precisarei de certos elementos que apenas a mesma benéfica e dedicada instituição ao ensino possa oferecer. Assim, requisito um horário, assim que possível para que eu possa vir a tentar a ordenha com uma das serpentes fantasma do viveiro, para que eu possa obter o veneno de sua peçonha para meus fins de posologia.
Garantidamente, eu arcarei com qualquer custo que advenha disso e, como sempre, eu lhes sou grato pela parceria que temos feito nós últimos dois anos.

Grato pela atenção,

Aphega Kss, ex-acadêmico e proprietário do Laboratório Centrilon Forencio, situado ana feira arcana de Valkaria.

Serpentes Fantasmas e o viveiro em que se encontram são explicados na antiga revista de Tormenta, edição sobre a Acadêmia Arcana, matéria da capa.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 629
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Sab 19 Mar 2016 - 20:01

 kss recepcionava o recém chegado a sua loja, Morrigu apenas mostrou sua corrente ao Kss que em poucas palavras e ações entendia de imediato o que se tratava, o resto da noite mostrou-se tranquila, Kss seguiu empenhado em sua criação e deu estadia para Morrigu que foi descansar em um dos quartos da casa.
Quando Kss encomendava os serviços de um mensageiro em meio a madrugada, a sua ajudante Mell fez questão de levar sua carta para a Academia Acarna e somente no outro dia ele teria sua resposta.

 Andrian acordava na manha seguinte assim percebia de imediato a situação das coisas e que realmente foi abençoado cm a presença divina, tanto sua tatuagem, quanto os itens que recebeu comprovaram o quanto foi real o que ele vivenciou no sonho, já acordado Andrian colocava o colar o protegendo de olhares curiosos, assim como também guardava o "Broche", tão logo que comeu algo saiu a procura da loja do tal de kss.

 Com Garret não foi diferente assim que acordou percebeu que não teve um sonho qualquer Régulus era prova de que ele fazia parte de uma vontade maior sobre a reunião elfica, antes de partir ele guardava sua corrente aquele objeto era a prova de um pacto entre aquele grupo para reuni-los.

 O Veterano foi o primeiro a encontrar a loja e para um dos atendentes pedia para chamar o Kss que não havia descansado naquela noite graças as suas criações na madrugada. Não demorou muito para um dos atendentes aparecer com  Kss escabelado e cm cara de sono, mostrava o cansaço do seu trabalho recentemente terminado, antes da pequena reunião entre os três começar sim o ajudante estava ali parado para escutar a conversa, aparecia o ultimo integrante do grupo o elfo Andrian, quando os três mstravam entre si as correntes e Garret também mostrou o simbolo  religioso na empunhadura de sua arma, bastava somente esperar o dia da reunião chegar (falta 5 dias).
[b]OFF: Bom podem narrar a convivência entre vocês e planos ou preparativos para a reunião tem 5 dias de sobra para suas criações e melhorias claro tem que ter dinheiro para isso, até mesmo para se conhecerem melhor, a Ordem religiosa não vai mais incomoda-los a Deusa esta cuidando suas ações disfarçada como uma simples aluna na loja. Logo depois de vocês descreverem o que vão e querem fazer eu escrevo o final deste ato e já partimos para a reunião elficasss.

Obrigada!

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 711
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Dom 20 Mar 2016 - 13:52

Estranhando, mas não muito impressionado, pela vigilância de Mell, Kss se volta a ela e diz, entregando-lhe várias moedas de cobra:

- Mell, peça a um dos garotos de recados para comprar pão, há um excente aqui para você decidir a gorjeta do garoto, e depois vá fazer algum chá gelado para as nossas visitas. Use a água do jarro do laboratório, não a do poço comunitário, por favor.

E, após dispensa-lá, seja qual humor ela estivesse, o alquimista via a trancos e barrancos até a mesa do balcão de atendimentos, onde há alguns bancos para os clientes e onde poderia se apoiar enquanto discorria com os demais.

Um elfo com vários sinais pelo corpo, nome Adrian. Ele poderia ser apenas um brigão, ou talvez aqueles fossem sinais de alguém mais experiente na arte da luta. Porém, se houvessem-lhe feridas frescas, em plena Valkaria, com toda guarda, significaria que era um lutador de hábito. E, sendo ele um elfo, deveria ter sido isso que escolheu como forma de dar animo a vida e alimentar o espírito. Ou não.

O outro, homem baixo, de trajes típicos, Morrigu, ele veio ver-lhe ontem, parece um conjurador típico, mas Kss não o conhecia bem. Só tinha certeza que estava sendo requisitado a reunião de hoje, tendo já comparecido ontem. Se fossem colegas de tropa, ele deveria ter de lhe contar do seu estigma para evitar problemas de estratégia.

Aquele Garret, parecia ser yudeniano, por todo o seu jeito. Mas, como o elfo, trazia excelentes instrumentos de oficio, e isso, Kss nunca poderia deixar de ignorar, fosse como soldado, fosse como armeiro.

Assim, ele disse-lhes:

- Bom dia, embora eu espera-se só ter de me levantar lá pela hora do almoço, e minha pele e cabelo são assim por causa dos produtos com que mexo, já meus dentes são assim por causa de um rito que tive de fazer para que os goblins ensinassem-me seus segredos, algo tribal.
- Em minha terra natal, no campo, eu fui batizado por Aphega Kss, mas esse é só um nome de nascido.
- Na Acadêmia Arcana me chamaram de "Nox Hydrox" por destruir minhas mesas de experimentos com azares de misturas.
- Só que, como soldado me alcunharam "Vaga-lume"  por evento de azar quando não tinha totalmente experiência na arte da estratégia com os meus itens de guerra escolhidos.
- Para os clientes costumeiros eu sou o "proprietário da Centrílion Forencio", está bela loja que faz as melhores armas alquímicas que poderão encontrar na capital, sem modéstia a parte.
- O alquimio dos goblins da favela e dos submundo me chamam  apenas de Kss e é assim que se podem referir a mim.
- Eu sei que nos próximos dias teremos uma vaga na tal reunião élfica, mas devo contar-lhes que não tenham nenhuma curiosidade própria. Eu estarei ali apenas para saldar uma divida monetária e nada mais. Se algo vir a chamar a minha atenção, como esses belos instrumentos que ao senhor Adrian aqui, e a ti, soldado Garret, trazem consigo, eu vos direi.
- Por enquanto e de resto, eu estarei principalmente concentrado nos quatro dias que sombram para a fabricação de itens que eu julgue essenciais para a tarefa que iremos desempenhar.
- No teor de minhas habilidades, devo informar a vos como colegas e clientes em potencial, de que eu estou apto a criar qualquer item alquímico em apenas 8 horas de trabalho extenuante, desde que possa gastar o valor devido com aluguel de forno próprio e outras custos extras.


Terminou ele o seu discurso de apresentação.

OFF: 20 T.C



Última edição por Necromancer Ignaltus em Ter 22 Mar 2016 - 10:55, editado 1 vez(es)
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 629
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Seg 21 Mar 2016 - 16:08

Andrian finalmente havia encontrado a tal loja e achou tudo muito estranho ao entrar. Encarou frascos e ingredientes estranhos. Quando viu Garret lançou um sorriso.

- Olá companheiro!

Seu olhar se desviou para Morrigu, que limitou á um semblante sério e intrigado. Depois a cumprimentar Kss, enquanto mostrava seu colar.

- Olá, você deve ser Kss, sou Andrian! Aqui está o colar e tudo mais... - sua atenção se desviou para uma aluna que trabalhava ali.

O elfo simplesmente esqueceu dos demais e se pôs a encarar a jovem, com um sorriso amigável, enquanto se encostava em alguma prateleira.

- Ora, ora, ora, qual o seu nome gracinha?
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Ter 22 Mar 2016 - 10:59

Notando a ameaça de um sedutor sobre um dos alnos em seus cuidado, Kss disparou ligeiro:

- O nome dela é Mell, e ela não pode falar, no momento, porque vai passar um recado e em seguida nos trazer chá, respondeu o alquimista ríspido, presumindo que a aluna fosse cuidar do seu serviço não importando o que pensasse.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 629
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Sab 26 Mar 2016 - 12:06

@ Todos

Os dias seguiram de forma normal o grupo tentava se unir de forma pacifica, cada um se preparou para o dia da reunião da melhor forma possível., Kss seguiu com seus afazeres entre eles foi requisitado apenas uma pesquisa na Academia Arcana com a criatura que ele pediu para ver, foi Paollus que conseguiu um exemplar vivo do verme fantasma para kss pesquisar em sua loja, isso em meio as reclamações da Mell, que sempre repreendia Kss e suas perigosas experiencias.

Andrian passou o resto dos dias se preparando também, sem contar que ficou perseguindo Mell boa parte deste tempo, que gostava um pouco do cortejo que ele a retribuía em sua estadia no lugar, quanto aos demais também se preparavam para o dia da reunião cada um de sua forma em particular.

Entre estes dias em meio ao seleto grupo de alunos que Kss sempre pegava para ajuda-lo, uma humana de olhos purpuras cuidava sempre a distancia o quarteto sem deixar-se ser notada, no dia da reunião ela desaparecia cm o restante dos alunos, mas Mell também sempre acompanhou todo o desenvolvimento do quarteto até aquele tão esperado dia.

Os escolhidos seguiam para a Praça de Glórienn, agora não tinha mais volta, apartir daquele momento cada um estava destinado a algo maior, seguindo os desejos de uma entidade que estava com toda sua atenção voltada para reunião e seus protegidos seriam os mensageiros para desencadear sua vontade sobre todos os elfos.

Fim do 1º ato.

OFF: Bom, obrigada por chegarem até aqui...

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 711
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Erguem-se as Cortinas [Ato 1 Encerrado]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum