Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Rant em Dom 11 Set 2016 - 11:44

Garret entra na estalagem com os demais, pede algo pra comer e uma cerveja simples. O vinho élfico é interessante mas ele não é um homem de luxos, pelo contrário, gosta mais da simplicidade.

Após a refeição, agradece a companhia dos elfos e se retira pedindo um quarto para si. Antes de subir, leva algum alimento também para Kss, ou se ele preferir fica no estábulo enquanto o Alquimista come e relaxa um pouco.

Rant
Adren
Adren

Mensagens : 190
Data de inscrição : 19/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Dom 11 Set 2016 - 17:05

Kss aceita a refeição com um agradecimento educado.

Após terminar de comer, o aventureiro estudioso arruma uma palha para dormir ali mesmo e tem o cuidado de amarrar de forma leve um pedaço de cordão na pata do grifo mais próximo consigo, de forma a soltar quando o animal fizesse algum movimento brusco, ma so bastante para desperta-lo se algum estranho chegasse pela noite, pois os sentidos do animal são muito mais apurados do que o dele.

Terminado, Kss se deita para dormir ao lado da fera, mas com sua faca numa mão e um frasco de arremesso na outra. No mais, dormia desarmado fora aquilo.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 636
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Ter 13 Set 2016 - 9:42



Vingança Elfica



Ano 1410-Tyrondir.[Estalagem de Keenn?]

 Jilgar Hammerhead, ficava surpreso ao escutar Andrian, Mell por sua vez aceitava a bebida e pedia algo para comer, para o elfo foi servido o vinho mais forte do lugar, já que ele queria algo diferente, Garret pediu algo mais simples tanto para tomar quanto para comer,, assim que terminou de jantar tratou de alugar um quarto para descansar, antes de dar por encerrada sua noite de aventura, ele ainda pede uma marmita para levar ao Kss, Mell aproveita e pede bons pedaços generosos de carne para levar aos Grifos, claro fez o Garret carregar aquele peso absurdo de carne até o estabulo, ela vai junto com ele até, deixando Andrian sozinho a mesa, ela explicou que tinha que ver como estava o Alquimista ele era um pouco ranzinza, o beijando na bochecha ela seguia o Garret.

Já no estabulo Mell alimentava os grifos, assim que terminou foi ver como estava o Kss, ele havia se alimentado graças a boa vontade do Garret, ela repreendia seu velho amigo o vendo ajeitando as palhas, ela não deixou ele amarrar nada aos Grifos. -Deixa de ser paranoico Kss, vai descansar na estalagem, e vamos ver como você esta...Ela o pegava pelo braço já vendo seus machucados, mesmo ele relutando que não queria. Mell até o ameaçou dizendo que pediria para o Garret amarra-lo a cerca para ser examinado por ela.

Depois de tratar como se deve os ferimentos do amigo e cura-lo com uso de sua magia, ela ainda insistia para ele dormi na estalagem, não o incomodou demais sabia que ele era muito ranzinza, mas se preocupava com ele como uma boa amiga deve de ser. Se despedindo dos dois ela voltava a estalagem sentava perto do Andrian exausta só comentou se iriam embora na manhã seguinte ela ainda tinha muita coisa para fazer em Valkaria. Garret, ficou ainda no estabulo conversando com Kss, havia muita coisa para fazer no dia seguinte, e rever suas ações, uma delas era a ação suicida que quase resultou na morto do alquimista, estava bem claro que ainda não eram um grupo muito sincronizado.


OFF: Sem ideia Sad




_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 730
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Ter 13 Set 2016 - 17:24

Spoiler:
OFF: Então, tu estas sem ideias, Valkaria? ^^

A noite anterior foi um monte de confusões, mas Kss conseguiu dormir, ou o melhor que deu para fazer, no estábulo. Enfim, ele não iria tirar o olho de cima do seu ouro tão fácil.

Logo cedo, ele foi atrás de um quadro de avisos para aventureiros ou qualquer coisa semelhante por aquelas redondezas. Ele precisava de outros ingredientes, que poderiam ser obtidos de duas fontes em Valkaria, mas cujas pessoas o alquimista queria poder evitar.

A primeira pela chance ser tão pequena, mesmo sendo melhor do que nada: a Feira. Valkaria possui vários tipos de casas comerciais, comprando e vendendo os mais estranhos e diversos itens. No entanto, a feira tem uma importância especial, pois é onde os fazendeiros de todo o reino, e além, comercializam sua produção, e literalmente alimentam a população. Gêneros alimentícios são o forte da feira, mas outros produtos também podem ser encontrados. Além das donas de casa e empregadas das casas ricas, outros comerciantes podem ser encontrados aqui, tentando adquirir produtos para revenda.

Já segunda, teria de lidar com os servos de Leen no cemitério comunal da cidade. Dividido em várias alas, e controle, seria problemático andar ali sozinho. Além das valas aos pobres, e os mausoléus das ricas família, as pessoas comuns, cidadãos de bem que não são ricos ou pobres têm seus corpos depositados nas paredes de um grande túnel vertical, por onde descem escadas espiraladas feitas de uma pedra branca. O cemitério estende-se centenas de metros abaixo da superfície, chegando próximo a Doherim.

Uma ala inteira do cemitério é o lar de vampiros que vagam á noite pela cidade, o que tem trazido problemas para os servos de Leen, que não aceitam qualquer tipo de interferência interna do cemitério. A verdade é que o culto a Tenebra vem tentando adquirir controle político sobre o local, mas Amadeus, um lich servo de Leen, tem sido hábil em impedir que Jasmira tome seu lugar, até agora.

O bom é que, eventualmente Amadeus contrata aventureiros para caçar saqueadores de túmulos – que podem ser honrados médicos de Salistik ou ladrões em busca das riquezas que vestem alguns mortos, ou para exterminar mortos-vivos, morcegos atrozes ou simplesmente ratos que infestam o local.

As pessoas temem o cemitério por vários motivos, desde os mais comuns até pelo fato dos servos de Leen serem conhecidos por fazer sacrifícios humanos ao seu deus. Os Vampiros tem contribuído para piorar significativamente a reputação do local.

Assim, exceto Kss encontrasse um serviço aonde pudesse canibalizar algumas criaturas, ele teria de de correr atrás de trabalhos com Amadeus, contando com a má sorte do lugar. Afinal, ele estava atrás de sangue vampírico e uma fonte forte de energia negativa.

Spoiler:
OFF: Informações retiradas do livro Valkaria - Cidade Sob a Deusa.

Conforme o horário seguia, o alquimista retornou a estalagem do mestre anão, com boa ou má-sorte, a fim de dividir os seus resultados com os colegas: sobre algum serviço que dispusesse os ingredientes de que necessitava, ou mesmo ir até a Feira ou ao Cemitério atrás dos mesmos.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 636
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Qua 14 Set 2016 - 8:16

Andrian termina sua bebida, depois pede algo para beber, para então se despedir de todos. Esperava poder ficar no mesmo quarto de Mell, mas se ela não quisesse, procuraria outro para dormir.

***

No dia, seguinte senta-se na primeira mesa vaga que encontra.

- Mestre Anão? Traga-me um pedaço de pão, suco de frutas e alguns bolinhos.

Ao ver Kss ele esperava que o outro trouxesse algo novo para dizer, e caso comentasse sobre os ingredientes e o cemitério, diria:

- Vampiros? Ouvi dizer que são difíceis de matar, porém serviria para matar o tempo enquanto esperamos o figurão nos chamar novamente. Já lidei com um casal de ogros perto de Villent e um grupo de desertores estupradores na fronteira de Yuden e Deheon, mas nunca com vampiros. Parece divertido.
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Rant em Qui 15 Set 2016 - 10:07

Depois da ajudar Mell e a conversa com Kss, Garret tinha se livrado da armadura e descansado. No dia seguinte se encontraria com os demais e preparariam a volta pra Valkária. Provavelmente a viajem de volta não seria tão rápida quanto fora a ida. Não havia mais aquela urgência para o encontro com Morian.

Ele acorda cedo, verifica os equipamentos e mantém uma rotina básica de exercícios. Após uma rápida higiene se encontra com os demais para o desjejum.

- Vocês vão querer voltar direto pra Valkária ou pretendem fazer algo pelo caminho? Eu realmente não tenho pressa nenhuma para voltar.
avatar
Rant
Adren
Adren

Mensagens : 190
Data de inscrição : 19/02/2016
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Qui 15 Set 2016 - 14:24

- Nossos principais assuntos estão em Valkaria. Contudo, eu preferiria evitar usar certas opções se houver qualquer outra alternativa para obter os meus ingredientes. Mas contra a minha vontade a demanda de serviços que combinem o farming mais adequado a minha sorte não parece estar disponível. Então, iremos de volta a Valkaria, dialoga o alquimista com Rant.

Depois, Kss terminar de explicar todos os detalhes a respeito do seu peculiar golem e dos ingredientes de que precisava, a começar com o sangue vampírico.

- A colaboração do druida já me será bem útil, mas precisarei do sangue de um destes sangue-sugas para estabelecer minha ligação com o golem, a fim de alcançar a forma de prolongar a minha debilitada vida, confessa o alquimista ao relacionar com a doença com a qual nasceu, o estigma arcano, que o impedia de ser um mago viável e se alimentava de magia arcana, consumindo sua vida.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 636
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Qui 15 Set 2016 - 14:31

- É, mas o druida foi embora - Andrian pondera - mas se você disser que sozinho consegue, minhas espadas estão prontas para cortar esses sugadores de sangue.
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Rant em Qui 15 Set 2016 - 14:38

- Só me digam onde cortar. Se for pra ficar mofando um mês numa cidade, que tenha pelo menos um exercício - completa Garret com um sorriso predatório.
avatar
Rant
Adren
Adren

Mensagens : 190
Data de inscrição : 19/02/2016
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Qui 15 Set 2016 - 14:39

Em resposta aos colegas, Kss faz sinal para as longas bandoleiras repletas do seu arsenal, tão poderoso quanto o repertório de qualquer mago, com a vantagem de que não possui as mesmas limitações, mesmo que fosse muito perigoso.

- Eu estou pronto quando vocês dois estiverem. Vamos só passar na Centrilon Forencio, assim que chegarmos a Valkaria, e deixar o nosso pequeno contrabando, ele ainda disse querendo seguir.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 636
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Qui 15 Set 2016 - 14:56

- Pois bem camaradas! Temos um destino, partiu Valkaria! - o elfo bate na mesa e se coloca de pé.
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Qui 15 Set 2016 - 15:24

Não tendo mais nada a fazer ali, Kss contou as moedas do grupo para quitar a conta da estadia, agradeceu ao mestre anão, e foi-se selar os grifos e por a bagagem em ordem.

Assim que possível, zarpou dali com os demais sem mais demora.

Durante a viagem, o alquimista se atentaria a pousar no lugar combinado como designado por Morian, para que o grupo não fosse alvejado pela guarda do exército que vigiava os arredores nas duas muralhas e meia (a que nunca foi concluída), nas dimensões da cidade.

O intento do cientista e armeiro é levar a bagagem para a Centrilon Forencio sem problemas de fiscalização, mas para evitar problemas resolve contatar a Academia para que liberassem a carcaça do ogro, mesmo que isso o obrigasse a preencher relatórios e dar contas aos seniores que estivessem responsáveis, mas ele já contava com isso.

Aphega não sabia ao certo quanto tempo levaria para liberar tudo, e se não haveria mais algum contratempo legal. Mas fácil seria levar tudo na surdina, mas se fossem descobertos tudo poderia ser barrado e o corpo cremado. Na melhor das hipóteses, se não surgisse alguma ajuda inesperada de Morian (mas ele estava ocupado), talvez levasse boa parte do que sobrava do dia após chegassem.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 636
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Sex 16 Set 2016 - 10:32

Andrian caminha até o balcão, e deixa 4 TO de ouro com o anão.

- Tome mestre anão, pela estadia, refeições e pode cobrar o estábulo daí também. E não se preocupe, pode ficar com o troco.

Dito isso, ele passa um braço em volta do pescoço, na altura do ombro de Kss e o puxa para perto, o conduzindo para porta, lado a lado, como amigos.

- Kss, é o seguinte... Vampiros e investidas suicidas não combinam, tudo bem?
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Sex 16 Set 2016 - 10:43

- Tudo bem, mas o Nox Hydrox não recua. Contudo, nós nem precisamos matar a criatura, a não ser que o contrato com o culto de Leen exija, eu só preciso de um pouco do seu sangue.... e uma fonte poderosa de energia negativa, mas isso eu verei depois, responde o alquimista-guerreiro cheio de energia por ter tido uma boa noite de sono (coisa incomum para um sujeito que gasta a noite em trabalho árduo, como ele), enquanto ia caminhando junto para a saída.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 636
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Sex 16 Set 2016 - 11:21

- Hã, Kss? Mais uma coisa... Eu e a Mell estamos tendo algo, não sei bem o que é... Bom, eu já conheci muitas mulheres, humanas, elfas, meio-elfas, uma halfling, por mais que isso pareça meio doentio e eu estivesse bêbado, e até uma meio-dríade, embora essa tivesse algumas farpas, se é que me entende - ele dá uma cotovelada no outro bem de leve - Enfim, a Mell parece ser sua aluna ou protegida, e eu acho que gosto dela de verdade, então espero que esteja tudo bem...
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Sab 17 Set 2016 - 13:15



Vingança Elfica



[Ano 1410-Tyrondir.[Estalagem de Keenn?]
1 semana, 1 dia do 2º mês.

Assim que voltou para estalagem Mell desejava uma boa noite de descanso ao Garreth, seguia a frente do Andrian com uma piscadela subia as escadas antes havia passado por Jilgar Hammerhead, já pedindo o melhor quarto, nada de ficar dormindo em um quarto qualquer, o elfo a seguia se despedindo de Garreth que o acompanhou até a metade do corredor no segundo andar, cada um seguiu para seu quarto claro Mell passaria a noite com o Andrian, isso já nem precisava mais comentar.

Na manhã seguinte Kss acordava já pensando no que deveria fazer, na verdade tinha em mente onde ir e o que fazer para buscar o que precisava, bastava convencer seus companheiros de grupo, Andrian assim que acordou desceu para comer algo foi o primeiro a descer e reservar uma mesa para o grupo, ao anão pediu o que comer, Mell estava tomando banho se reuniria mais tarde com o grupo, já Garreth logo que terminou com seus exercícios matinais e com a manutenção de seus equipamentos, desceu para se reunir ao grupo. Kss tratou as criaturas com todo o cuidado possível e necessário, reuniu o equipamento ganho de sua ultima missão, deixando as criaturas no estabulo ele seguiu para a estalagem sentou-se a mesa com seus companheiros e tratou de compartilhar com eles a ideia que teve, parecia que voltariam para Valkaria, como Kss mencionou sobre o que procurava, Andrian parecia que havia se animado mais ainda sobre a ideia de caçar um vampiro, Garreth por sua vez concordava pela falta do que fazer, sendo que não estava tão apressado a voltar para valkaria.

Mell chagava sorridente e sentava-se junto aos demais abraçava Andrian e o beijava na bochecha já pegando o pão que ele segurava e mordiscando um pedaço do mesmo, assim que terminou de comer o pão, se escorou a mesa, escutando sobre o que kss comentava ao guerreiro, ela percebia que seu amigo estava bem, não acreditou que ele doriu a noite toda, o via sempre ativo trabalhando, tão logo Kss terminou dando mais alguma justificativa a todos e Mell prontamente o repreendia.

-O que vamos fazer agora! Não acredito que você já esteja com essa ideia de caçar vampiros? Quanto a sua doença não se preocupe, basta tomar os remédios, não era isso que você sempre me falava? E pelo que eu vi em sua expressão você conseguiu finalmente descansar...Quando comentou sobre sua doença, Mell mostrou-se preocupada, não gostava de falar sobre aquilo.

Andrian já permanecia de pé, junto ao Garret ao seu lado kss ajeitava suas bandoleiras, naquele manhã estranha o grupo parecia mais comunicativo que o normal, para falara verdade mais entrosada que no dia em que se encontraram com desconfiança da convocação e o desfecho quase trágico no acampamento, mas parecia que aquilo era passado, agora estavam seguindo em frente para um novo caminho de aventuras, kss reuniu as peças de cobre necessárias para pagar pela estadia deu as peças de cobre ao Andrian que trocou por peças de ouro entregando ao anão e lhe dando uma gorjeta o que fez o mesmo abrir um sorriso o convidando para aparecer mais vezes a estalagem ele e sua "esposa" o Jilgar Hammerhead achava que o Andrian era casado com a Mell pelo pouco que viu entre o trato carinhoso entre ambos, fora isso Andrian pedia ao kss para ele se cuidar e não continuar com sua mania suicida, assim que saíram da estalagem Garret e Mell já estavam do lado de fora esperando eles montados nos grifos, novamente comentava algo no qual a Mell escutava e ficava corada, tamanha vergonha que sentia noque escutou que guiou o Grifo para perto do Andrian.

-Vamos logo antes que eu te deixe a pé...

Novamente o grupo seguia seu caminho em direção a Valkaria Mell estava no comando do grifo e Andrian estava calado segurando firme a elfa, já Kss teve que novamente dividir sua montaria com Garret, ele nem poderia reclamar por aquilo, talvez Garret tinha o direito, o outro Grifo carregava o defunto com os equipamentos, no meio do caminho algo estanho acontecia a paisagem mudava de forma sutil em certos pontos da viagem. O que levaria alguns dias de viagem novamente levou algumas horas. o grupo chegava a um ponto desconhecido de Deheon, na verdade na Floresta dos Basiliscos, lá os grifos pousaram de forma forçada em suas extremidades, não tinha como impedir sua tragediaria, por mais que Mell tentasse as criaturas estavam obedecendo outra pessoas sua dona na verdade e nada mudaria aquela vontade cega de pousar naquele lugar, assim que tocaram o chão, não demorou muito para um grupo pequeno de elfos sair das sombras das árvores entre ele tinha um tipo de construto, com um corpo feito inteiramente de mitral no lugar da cabeça uma esfera bem protegida nas laterais, no mais ele vestia um robe também igual aos outros elfos, todos estavam com um manto finamente trabalhado com desenhos delicados dentre eles a sua frente estava um elfo conhecido por Andrian, seu pai ostentava com orgulho renovado parecendo outra pessoa, os brasões de sua família e principalmente o brasão da deusa estavam estampados no peito do robe de cor branca com detalhes purpura.

- Por Hullaimm, que bom revê-lo filho... Não fique assustado. A Senhora Hullaimm tem novos planos para vocês, mas acho que já haviam percebido isso quando os grifos começaram a encurtar e desviar do seu destino.... No momento junte-se a nós, temos muito que conversar e principalmente a nossa próxima missão...Parado ele chamava os outros amigos do Andrian, os quatro elfos trataram de cuidar das montarias e outros afazeres, já o construto, seguiu ao lado do Auran, que criava o grupo até um pequeno acampamento improvisado na floresta, mas ainda assim luxuoso demais para os padrões mundanos tipico dos Elfos de Lamnor, lá o grupo foi guiado por Auran a uma tenda maior onde sentaram-se nas almofadas jogadas ao chão sem contar o tapete da tenda que tina o brasão da Hullaimm em seu centro bordado com fios de prata, a mesinha do centro estava repleta de frutas.

-Fiquem a vontade e comam algo...É um prazer conhece-los Garret e Kss, eu andei em algumas missões em nome da Deusa com seus irmão Garret e com Ander a sua irmã Kss... Ele apertava de forma firme e forte a mão de ambos e por fim beijava a mão da Meel -É um prazer conhece-la Senhorita Mellystrianna, sou amigo de muito tempo de sua família, e não vejo honra maior em vê-la com meu filho...Assim que terminou com seus elogios e apresentações revelando ser Pai do Andrian continuou com seu dialogo - O que tenho a pedir aos senhores e senhorita é que ajudem o Senhor Darvos Ullott...vocês vão se hospedar na Estalagem Arborea e amanhã serão abordados por um Halling chamado Gully, de inicio aceitem sua proposta... Naquele momento Os demais elfos do bando do Auran serviam algo de beber ao grupo, Pai de Andrian ao centro andando de um lado para outro, pensativo encara o Hellaron que fica sempre ao seu lado.

-Alguma duvida ?

Do lado de fora do acampamento um dos elfos que acompanha Auran trata das montarias, tira o defunto e os equipamentos do grupo e as vê indo embora, aquilo era preciso, no momento não precisariam mais daquelas criaturas, além de chamarem muita atenção, mais ao fundo em um cercado improvisado estavam devidamente preparados para o grupo.

OFF: Postem suas duvidas e perguntem tudo que querem saber, livre-se do peso morto(equipamento ou corpo);
-Podem tentar usar magia ou algum teste de conhecimento nas criaturas enquanto elas desviam do caminho, mas é impossível impedir isso elas estão sendo teleportadas por alguém (pela deusa);
-Aqui é o final desta parte por isso tirem suas duvidas seja qual for e não vocês vão para Villent, "A Expedição de Darvos", pq ela vai dar tudo que precisamos para os próximos atos em nome do Morian.

-Claro tive pena dos meus grifos e troquei por trobos Sad
-Com começar a cuidar os dias In Game e quem sabe crie um registro da nossa linha do tempo, para não se perder O.O




_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 730
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Sab 17 Set 2016 - 19:14

Andrian aproveita a viagem de volta, enquanto está em cima do grifo, segurando a cintura de Mell e sentindo seu perfume. Então, as montarias começam a descer sem comando vertiginosamente, e aquilo preocupa um pouco o elfo, porém assim que chegam em solo ele abre um sorriso ao ver a figura do pai.

- Ah, seu elfo velho sem vergonha - ele corre o abraça e o ergue alguns centímetros do chão - você está ótimo, tá bonitão, armadura de volta, espada de volta... É bom te ver.

Depois disso se retira para o acampamento com os outros, come algumas coisas e ouve o que pai tem a dizer.

- Um halfling? Isso é um pouco decepcionante, eu o Kss e Garet íamos atrás de alguns vampiros e agora o senhor aparece com anões gorduchos. O que exatamente temos que fazer?
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Dom 18 Set 2016 - 14:53

Kss surpreendeu-se com a mudança de planos. Algo deve ter acontecido, pois, segundo Morian, eles teriam um mês para se preparar e o inconveniente descuidava totalmente os seus planos. Todavia, ele resolve ouvir o que o novo grupo tinha a dizer, uma vez que um dos membros parecia ser o pai de Andrian.

O alquimista ficou calado a maior parte do tempo e analisou os estranhos esperando que comprovassem que realmente faziam parte dos planos de Morian, pois até ali eles estavam contrariando os último comunicados.

Então, após o companheiro, ele finalmente resolve falar abertamente:

- Nós estamos com um pacote bem ali, cujo prazo de validade é atualmente de uns nove dias e meio. Eu preciso terminar o meu intento com ele nesse prazo tão logo. E eu com meus novos colegas já estávamos a caminho de obter o segundo ingrediente para isso. Assim, o que é de tão urgente que precisam de nós e vai de contra as últimas coisas que ouvimos da boca do próprio Morian?, ele fala-lhes em bom élfico, tendo logo a educação de falar resumidamente em Valkar para Garret.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 636
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Seg 19 Set 2016 - 0:04



Vingança Elfica



[Ano 1410-Tyrondir.[Floresta dos Basiliscos]
1 semana, 1 dia do 2º mês.

Auran sorria com o comentário de seu filho.

-Não poderia revelar muito, até o momento só foi um pedido dos Senhores e Senhoras de Guerra, meu filho por isso não sei muita coisa...

O Elfo cruzava os braços estava um pouco nervoso com o comentário do Alquimista que achou melhor falar em élfico, Aurian muito pensativo sobre o tal de Morian, tentava encontrar palavras para explicar as coisas com mais clareza ao Humano, no final o respondeu continuando a usar o valkar impecável.

-Entendo, você fala do morto que carregas no Grifo? Não se preocupe com isso, e quanto ao Morian a missão que ele vos deu ainda tem valia, mas hoje não estamos trabalhando para alcançar os sonhos dele e sim pela vontade da Senhora Hullaimm...Auran mostrava o colar da Deusa em seu pescoço escondido pelo robe que estava usando, sem querer deixava a amostra uma pequena joia com um brilho dourado encrustada ao lado esquerdo da armadura que protegia o peito do elfo.

-O que me foi dito é que vocês estejam na estalagem Arborea, aceitem a missão dada por Gully. O que sei é que o Darvos Ullott é dono de uma mina de Mitral e a segunda parte mais complicada da sua missão ou não é que um de vocês vai ter que se casar com a filha do Darvos Ullott...Vão abdicar de qualquer pagamento ofertado por ele, um dos dois...Auran apontava para o Garret e Kss -Vai exigir que ele conceda a mão de sua filha em casamento, não fiquem assustados é um casamento arranjado um contrato seguro que vai proporcionar um grande beneficio no futuro, quem for casar cm ela nem precisa fazer nada que não queira com a jovem no final só queremos o direito de propriedade que o marido terá, tudo como segue e manda a lei...

Auran sorria, não havia maldade alguma em seus planos, apenas o beneficio a todos e ao exercito que já estava se formando em partes isoladas em Lamnor e algumas ilhas perto de Galarasia, sem contar sua segunda cidade porto que estava sendo erguida na ilha, a pequena joia que parecia um Âmbar encrustada na armadura do Aurian que tinha um fraco brilho dourado era pouco conhecido em arton o vitarium, um presente dado aos principais Generais de Guerras entre os elfos ou a membros da Ordem Religiosa considerados da elite com habilidades especiais.


OFF: Explicações e ameaça de morte contra a narradora no tópico off...




_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 730
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Seg 19 Set 2016 - 8:14

Andrian claramente não gostou das palavras do pai. Ele era um guerreiro, e sabia que para algo assim era muito mais viável um bardo ou um ladrão com habilidades sociais. Talvez tenha conhecido um ou dois assim em suas andanças... Se os encontraria novamente, só os deuses saberiam. Mas, ele evidentemente não gostou daquele assunto.

- Casamento arranjado? Isso não me parece uma boa ideia e desde quando você começou a fazer esse joguinhos políticos? Você sempre foi combate e religião - ele se levanta - Você está tentando arrastar eu e meus novos companheiros para uma das suas missões. Kss ou Garret tem algum nascimento nobre? Que eu saiba o alquimista só tem uma loja em Valkaria - ele olha para os outros - Vocês tem algo nobre no sangue? Títulos e terras? Porque eu realmente não estou entendendo o porquê do velhote querer que a filha dele case com algum deles. Eu não estou inclinado a aceitar a missão aleatória de um halfling desconhecido, eu e os rapazes tinham um objetivo já. Kss tem planos pro ogro e isso envolve alguns vampiros. Eu sempre respeitei o senhor, mas pensei que tinha entendido quando sai de casa para aprimorar minhas habilidades... Eu precisava sair de sua sombra.
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Seg 19 Set 2016 - 10:56

Ouvindo a discussão, o mestre-armeiro põem uma das mãos sobre o ombro do colega que se exaltava e fez sinal para que relaxasse, logo de outro em que entendia os seus sentimentos, dizendo, agora em valkar, para que Garret entendesse também:

- Se tomarem todas as providências sobre a nossa bagagem atual a fim de que consigamos lidar com isso de forma rápida, não será tão grande desvio.

- Na verdade, eu já ouvi boatos sobre alguém que tivesse obtido tal mina, muita coisa circula na rede de comercio em Valkaria, todos ama armas de mitral. Contudo, nem eu dei crédito, pois não houve notícia alguma ou nova entrada. Essa história pode acbar explicando o porquê.

- Quanto a linhagem nobre, eu só tenho a lenda de um antigo mago na família. Provavelmente, Garret seja melhor para cuidar disso, pois eu não tenho a mínima intenção de passar adiante a macula do meu sangue, ou conceder direitos sobre as minhas invenções, pois eu já estou compromissado com a Academia de Valkaria. E ainda podemos verificar se um acordo comercial de exclusividade pode ser mais viável, uma vez que cheguemos a origem do problema.

- Assim, tomem de conta das nossas coisas enquanto iremos nos trobos resolver isso. O meu ingrediente precisará de uma nova dose de preservação dentro de exatos nove dias e meio.


OFF:Tendo findado o assunto, se forem pernoitar ali, Kss começa a preparar uma nova bomba pelas próximas oito horas disponíveis. Se não, ele se dirigirá logo a organizar o que eles levariam nos trobos.
avatar
Necromancer Ignaltus
Athro
Athro

Mensagens : 636
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 36
Localização : Berohokã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Seg 19 Set 2016 - 11:14

Andrian ouve Kss, quieto, depois se dirige até o pai.

- Eu ainda não gosto dessa ideia - passa pelo pai, para, mas sem dizer nada, sai da tenda. No acampamento tenta ver se alguém consegue lhe arrumar uma capa com capuz simples.

Conseguindo ou não o item, não procura e não dorme com Mell, nem fala com mais ninguém o resto da noite. Procura um lugar afastado, onde ensaia alguns movimentos de espadas durante uma ou duas horas, depois, retira a armadura e dorme ao relento, pensando.
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Seg 19 Set 2016 - 11:47

Vou esperar pelo que o Rant vai decidir, e só assim poderei colocar um freio em vocês, e dar uns cascudos em um filho bancando rebelde Razz

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 730
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Rant em Seg 19 Set 2016 - 14:42

Garret ouvira tudo tudo até o momento um pouco incrédulo com os acontecidos até então.
O encontro forçado com o grupo do culto Celaena não era tão inesperado por ele, levando em consideração a forma como ela o contactou e como formou esse grupo de batedores (eles mesmo no caso). O fato da viagem também durar tão pouco deixava implícita uma urgência para algo.

O fato de um dos membros do culto ser pai do Andrian realmente foi surpresa, ainda mais ao ouvir da boca dele que um de seus irmãos estava também na "organização". Quem dos três seria... Silas, Magno ou Kevern...

A nova missão também parecia estranha e seus amigos obviamente se sentiram pressionados. Parecia loucura um casamento arranjado como pagamento por uma missão. Após ouvir todos deliberarem, se exasperarem e depois se acalmarem novamente, Garret enfim comenta:

- Bem... Se isso faz parte das ordens de Celaena, não vejo motivos para duvidar da sabedoria do plano. Eu não tenho problemas com o matrimônio se esse for o ponto.

- Não acho que ser nobre em si tenha alguma utilidade para a missão mas se esse for o caso minha família tem origem nobre apesar de termos perdido tudo ao longo do tempo, essa espada, Régulus Ferrum, - mostrando a mesma ao Auran e ao pai de Andrian - é a última coisa do passado glorioso que ela já teve. Eu sempre achei que eram só histórias pra justificar um mínimo orgulho da família, mas Régulus me mostrou a verdade quando despertou para mim.

avatar
Rant
Adren
Adren

Mensagens : 190
Data de inscrição : 19/02/2016
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Valkyria em Seg 19 Set 2016 - 21:37

Auran permanecia parado quando viu a explosão inesperada de seu filho não concordando com o que ele havia comentado, mas os tempos eram outros, havia uma necessidade em realizar aquela missão, por fim Auran acenava pedindo calma a todos, o elfo escutava pacientemente o Kss, que levou um cascudo da Mell o jogando de cara no tapete frente a todos.

-Ninguém falou em fazer filhos! E de qual invensão o Senhor esta falando, até agora não vi nenhuma...A coitada teria direito a seus sonhos de inventor?

Neste instante parecia que Andrian estava bem incomodado com aquela situação. Novamente ele enfrentava seu pai, o respondia de forma desrespeitosa na frente dos demais, ação no qual fez os poucos elfos da tenda se moverem em sua direção impedidos por um gesto de mão do Auran, que apenas viu seu filho sair da tenda sem dizer mais nenhuma palavra. Naquele começo de tarde Auran dava graças a Hullaimm, por escutar as palavras do Garret, e novamente com um sorriso apertava a mão do Soldado veterano, realmente foi uma atitude já esperada vinda de um Guerreiro adepto da Celaena. Pegando a espada e a analisando com calma, Auran passa o artefato de família para Nileth o Hellaron que sempre estava ao seu lado.

-Veja o que podemos fazer em relação ao passado deste Homem, preparem roupas limpas do melhor tecido élfico para todos, e tratem de bordar o brasão do Senhor Garret em suas vestes, preparem os trobos com nosso melhor material...Realmente não haveria a necessidade de ser nobre, meu amigo Nileth vai dar mais detalhes sobre nosso alvo...No momento tenho outros assuntos para resolver...Me deem licença e descansem um pouco mais tarde vamos para Villent...

Nileth atendia a vontade do Auran e logo respondeu ao Alquimista com sua voz sonora e suave que parecia transmitir uma aura de paz, o construto percebeu seu desespero com o cadáver. o construto apenas tentou acalma-lo.

-Senhor kss, não vamos permitir que o senhor leve o corpo do ogro em sua nova missão, podemos conserva-lo por anos caso seja necessário, se esta preocupado com os equipamentos vamos ficar com todos e lhe dar o valor justo por cada peça ( metade do valor) se desejar, caso queira que ajustamos a armadura ao Senhor ou um de seus amigos basta pedir, quanto aos ingredientes que esta procurando para suas pesquisas ou invenção podemos dar um jeito de conseguir ou meios para o senhor encontra-los....O construto dava por terminado o assunto sobre os equipamentos e o corpo do ogro, mas ele lembrou de algo muito importante, mas preferiu não comentar ao Alquimista sobre sua falha.

Nileth entregou a espada para Garret e tratou de falar sobre o alvo do grupo.

-O Senhor Darvos sempre foi um mercador humilde, sempre morou em Villent tinha partido do lugar a um ano e depois Há seis meses, voltou, como um homem rico comprando a mansão que pertencia a um nobre, como antes era anônimo, quase ninguém se lembrou dele, que se tornou um dos mais ricos de Villent, sua fortuna como dito antes vem de uma mina de mitral. Darvos também possui uma filha, uma jovem de estrema beleza ímpar, há semanas ela não é vista fora da mansão...Ele Sentava frente ao trio Kss, Garret e Mell. -Darvos encontrou a mina de mitral em um golpe de sorte, toda a sua fortuna vem de lá. Sua filha esta não esta doente, na verdade ela esta amaldiçoada e a unica cura se encontra em Galrasia..Digo aos senhores não comentar isso com Darvos, usem com sabedoria este conhecimento...Nileth deixava nitidamente claro qual era sua intenção ao dar tanta informação, mas não comentaria sobre isso, bastava apenas deixa-los fazer todo resto, no final da conversa ele guiou kss e Garret para outra tenda, para se banhar e fazer a higiene pessoal, logo ganhariam roupas novas, e estariam prontos para ir embora para estalagem Arborea.

Em outro ponto do acampamento Auran encontrava seu filho Andrian, longe de onde estavam Mell os cuidava escondida. com o rosto escondido pelo capuz a treinar alguns movimentos de espada Auran o interrompia.

- Diga Andrian o que esta te deixando chateado? Eu não mudei meu filho, apenas tento resolver as coisas de outra maneira, um dia você vai entender. A ideia do casamento arranjado foi do nosso grupo, eu entrei em conflito direto com outro General de Guerra, ele queria simplesmente matar Darvos Ullott e pegar sua mina de Mitral...Você imaginou isso sacrificar inocentes para um bem maior, não vejo honra nisso nem é dos designos de nossa Deusa...Não existe acordo mercantil como seu amigo Kss comentou, ele falou o mesmo que a irmã dele, aquela garota me incomodou sobre o assunto junto com o irmão do Garret, eu tive que tomar partido da situação, pedi ao conselho uma chance de fazer da maneira que acho ser certa, como o General de Guerra avisou que não haveria acordo mercantil, apenas a tomada da mina a força, apostei todas as minhas fichas em vocês, eu que inventei a ideia do casamento para proteger o Darvos e sua família, mante-los sobre nossa guarda, é verdade que é muito útil para nossos exércitos nessa região o lucro que a mina vai dar, sem contar que é um ponto importante para equipar nossas forças deste lado...Eu não pediria para a Deusa trazer outros que não fossem vocês, principalmente você meu filho que à muito deixou de ser minha sombra, tenho orgulho de vê-lo aqui e admito que você vai se tornar alguém melhor do que eu fui um dia...Quando eu estava deprimido foi você que me deu forças para continuar vivendo e no fim olha aonde estamos?! Vamos fazer a diferença para nossa raça, mas não quero entrar em detalhes sobre isso agora... Auran sorria para seu filho -Me conte mais sobre sua namorada é sua namorada a Mellystrianna, fico feliz em ver que você já esta dando seguimento a nossa linhagem...Auran dava uns tapinhas nas costas do Andrian com um sorriso...Sua Mãe ficaria orgulhosa com você agora...Mell permanecia ao longe escorada em uma árvore observando os dois conversando ela já não estava mais escondida.


OFF:
0. Eu olhei no mapa se tivesse que planejar isso não daria certo, Rant mora bem ali na divisa dos reinos.
1. Já foi dado as devidas explicações dos mimimi, cada um ganha um trobo, eu gastei todo o orçamento que narradoras ganham para suas aventuras alugando os grifos, agora tenho que economizar nos presentes, o minimo liberado para aventuras Razz
2. Se querem vender os equipamentos, pessoal vai pagar a metade do valor para cada equipamento, quem quer ficar com a armadura de mitral pessoal trabalha nos ajustes, quem quer guardar um defunto pessoal guarda o defunto, quem quer ingredientes pessoal fala onde encontrar. Afinal temos um hellaron servo da deusa daos fofoqueiros.
3. Trocaremos seus panos sujos por roupas de pura seda, e todos de banho tomado, barba feita e cheirosinho para encontrar o Halfling no dia seguinte;
4. Rant fique livre para contar mais sobre sua nobreza, agora todos podem te ajudar na pomposidade, simulando que tu ainda tenha toda aquela gloria um dia perdida;
5. vocês vão partir a tardinha para a estalagem;
6. Se esqueci de algo falem;
7. Próximo poste de vocês especifiquem tudo que fizeram e vão fazer até o momento da partida, estão livres para descrever suas ações a vontade...
8. Mais perguntas vou responder no tópico off;
9. Sim existem os fanáticos religiosos e muito perigosos a ponto de simplesmente querer destruir e conquistar para um bem maior (Auran, Ander e parente do Rant não são fanáticos religiosos) O outro General tem muita influencia (Maior e melhor exercito) e quase sempre suas ações não são questionada por seus comandados ele é o God of war da vida.
Montaria grátis pode adicionar na ficha (Mas se matar ela por pura maldade vira Gato Branco) se alguém quiser uma armadura para a montaria ou troco pela venda de todos os itens que vocês pegaram (espadas, armaduras, escudos). e até a armadura de mitral, lembrando que se tudo der certinho mitral até no bico do trobo de vocês na mais pura ostentação.
Trobo
Animal 4, Grande (alto), Neutro
Iniciativa +3
Sentidos: Percepção +8, Visão escuro.
Classe de Armadura: 17
Pontos de Vida: 24
Resistências: Fort +6, Ref +5, Vont +5, resistência a magia +4
Deslocamento:12m
Ataques Corpo-a-Corpo: Mordida +6 (1d8+6)
Habilidades: For 19, Des 12, Con 15, Int 2, Sab 12, Car4.
Tolerância: O trobo recebe +4 em testes de Constituição para prender o fôlego e evitar dano por fome ou sede, e em testes de Fortitude para evitar dano por frio ou calor.
Tesuro: Nenhum

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 730
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 22
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por John Lessard em Seg 19 Set 2016 - 22:06

Andrian observa o pai.

- O problema é que tudo está indo rápido demais, o senhor aparece, com missões que não pode revelar e ou não sabe de nada. Talvez você tenha mudado pra melhor, talvez não... E que é esse general? Atacar a mina? Quem é essa gente pai?

Ele espera uma resposta, depois balança a cabeça.

- Não sei se ela é minha namorada, não pedi nada a ela... Eu a conheci e depois foi quase tudo sangue e morte - ele para alguns segundos - eu irei com eles amanhã, mas não junto deles. Seguirei de longe e ficarei de olho nas coisas, até porque quem interessa para a missão social são os outros. A gente se fala pela manhã, vou dormir na floresta.

***

No dia seguinte Adrian come alguma coisa e continua com suas roupas, afinal não poderia chamar a atenção. Explica sua ideia para os outros e espera que todos entendam. Garret estaria sem sua armadura e quem sabe sem quantas armas, assim como os demais. Seria bom alguém pronto pra ajudar caso fosse necessário.

Antes de partir, ele procura no acampamento se alguém teria uma arma especifica. Uma adaga de aparar, uma arma parecida com a comum, porém com uma espécie de cesto no cabo, para defesa.

Depois disso, sobe no trobo e se prepara para seguir a certa distância dos demais.

OFF:
teste de obter informação e percepção para achar uma adaga de aparar obra prima
avatar
John Lessard
Adren
Adren

Mensagens : 338
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião Élfica [Ato2 Encerrado]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum