Infiltração em Tapista [Ato 3]

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Celtz_Valmont em Dom 8 Out 2017 - 14:48

Artanis olha para Mell e fala.

-Mell, sei que ele pode ser focado e pelo que ja conversamos ele pode ser bem destrutivo, mas ele nunca me apareceu muito imprudente, então so nos resta confiar nele e torçer que neguem arrume confusão para que ele não chame atenção. Além disso a dupla não e muito o perfil dos minotauros, então eles tem uma boa chance de não chamar confusão.

Então ela dava um sorriso torto para sua amiga .

-Sua preocupação com ele e bem fofa, parece ate que você gosta muito dele.


Dizia com uma escolha de palavras para caso Mell tivesse apaixonada pelo Kss ela reagiria nervosa e caso não ele simplesmente responderia tranquilamente, ela conversava naturalmente enquanto ajudava ela , enquanto ajudava a checar o inventario e catalogar as mercadorias.

Jogadas:
Diplomacia para tranquilizar a Mell- 32
Intuição para perceber a reação da Mell 9
Fico triste para esse segundo dado ^^``

Celtz_Valmont
Fostern
Fostern

Mensagens : 128
Data de inscrição : 20/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Chapéu Preto em Seg 9 Out 2017 - 9:31

Arthur dá um sorriso de canto de boca enquanto olha para o lado oposto ao que Kss está.

-Não, eu não sou um galanteador, apenas estou conversando com uma pessoa que achei interessante. E, ei, não precisa ser tão formal assim. Quanto as minhas habilidade, eu diria que sou um pouco como um tático de guerra e como tal, tenho um leque amplo de habilidades de conjuração sim, e não, ainda não conheço a magia destrutiva mais comum entre os magos, mas acho que logo eu aprendo ela. Pode me considerar como aquele que auxiliará você e o bixão em combate.


Falava tranquilamente enquanto tomava uma dose da bebida que comprou para a ocasião. Não chegava perto do sabor de um vinho élfico, mas também tinha o seu charme.

avatar
Chapéu Preto
Fostern
Fostern

Mensagens : 78
Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 26
Localização : Mar Negro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Valkyria em Sab 14 Out 2017 - 10:11










Ano 1410 - Salzz (4º mês) 6º dia.


Hershey-Ashven



Seera apenas esboçava mais um dos seus belos sorrisos para Arthur enquanto olhava de forma discreta para o ex-pirata.
-Vejo que ele escolheu outra Musa para admirar... dando mais alguns tapinhas nas costas do Arthur Seera continuava sorrindo em uma desajeitada mesura.
-Você vai encontrar...É uma missão sagrada que apenas você pode realizar... Sorrindo ela acenava para Arthur e seguia para comandar os ex-piratas, perto do admirador do Arthur ela dava uns tapinhas nas costas do individuo e lançava um olhar para o Mistico.

Assim que o capitão seguiu com seus afazeres, Arthur e Kss seguiram pela cidade. O Alquimista tratou de comprar mais alguns ingredientes para à fabricação de suas invenções, já que no mar era muito dificil encontra-las, Arthur fez o mesmo evitou comprar algo que chama-se atenção da milicia de Minotauros, comprando só uma quinquilharia  estranha  satisfeito pela historia da mesma, em outras palavras caindo na labia do vendedor sobre a garrafa.

Ambos seguiam até uma área mais movimentada perto do porto onde, por convite do Arthur, o Alquimista sentou-se em um dos bancos dispostos para os transeuntes. Sentados no banco a dupla conversava sobre suas possiveis habilidades, não bastava apenas provar do famoso chocolate da cidade, faltava para ambos sentar para descansar e beber um pouco juntos para seconhecerem, era sempre bom saber as habilidades de cada individuo do grupo para montar uma estrategia mais eficiente frente a cada desafio proposto no seu dia-a-dia, sem contar que nunca era bom revelar todos os seus truques, sempre era bom ter cartas na manga.

Arthur como anteriormente tenatava se conter vendo a barbaridade em que o povo local era submetido pelos seus conquistadores, mas sabia ele assim como Kss que mostrava-se indiferente graças ao pensamento de existir destino pior, que era loucura fazer algo para ajudar as pessoas, teriam que lutar contra um pequeno destacamento de soldados minotauros antes da chegada de reforços e seria um suicidio fazer isso ali.

Artanis conseguia convencer Mell, sobre os garotos, pedia um pouco de confiança em ambos, coisa que a Mell ainda que concorda-se, em seu rosto demostrava a preocupação em relação a dupla, não queria confusão, na verdade estava se segurando para ela mesma não cometer nenhuma confusão contra o que via no porto, por isso estava ali catalogando sem necessidade as mercadorias, não corou e nem mostrou algumtipo de reação quando indagada sobre seu "Mentor".

-As vezes ele perde a linha, já tive que salva-lo da morte quando invadimos um acampamento Goblinoide, ele acha que é imortal ou coisa do tipo, mas não é...Por isso as vezes tenho que lembra-lo de que ele é um simples Humano...
Sorrindo ela até brinca com sua amiga. - Me preocupo e trato bem meus amigos e amigas... No mais diria que ele tem um bumbum bonitinho, mas eu prefiro elfos...

Voltava a encarar a Artanis e colocava a mão sobre a boca tentando segurar a risada alta que dava, com o folego recuperado voltava a falar.

-E você pelo visto esta adorando a vida de casada...Ria novamente, mas assim que Artanis à responde-se ela continuava com a conversa, mudando um pouco de assunto, queria saber mais sobre a elfa que estava ali com ela, família, sonhos, por onde andou o que mais sabe fazer e qual o verdadeiro motivo de juntar-se ao chamado, Mell não era adepta da causa de "Vingança Elfica" isso ficava bem claro em suas conversas.





_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 741
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 23
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Celtz_Valmont em Qui 19 Out 2017 - 20:39

Ela escutava que sua amiga dizia, então quando ela comenta a ultima parte da indireta ela somente sorri e responde.

Ele esta sendo uma pessoa bem agradável, bem diferentes de muitos que convivi, e olhe já conheci o melhor e o pior de varias raças, ate mesmo da nossa, e por isso que me da motivações maiores para meu objetivo.

Dizia sorrindo para ela enquanto registrava o inventario, ai ela fala.

Se tiver curiosa e quiser passar um tempo posso contar mais sobre mim ou cantar minha historia se prefirir um show particular ^~

Dizia sorrindo esperando a resposta.

Off::
Se ela topar irei montar uma cena que ira demorar bastante a duração. Ela propos isso porque ela ja esta muito ligada a Mell
avatar
Celtz_Valmont
Fostern
Fostern

Mensagens : 128
Data de inscrição : 20/11/2016
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Valkyria em Seg 23 Out 2017 - 9:42

@Celtz

Mell sorria em agradecimento. Pediu que o Show fosse realizado na volta do grupo para casa com todos reunidos para comemorar sua vitoria em realizar a missão, no entanto curioso sobre a elfa pedia que ela falasse mais sobre si mesma, assim poderia conhecê-la melhor, sem contar que também comentaria sobre sua vida em Wynlla.
OFF: Ela quer saber mais sobre a sua pessoa, tens liberdade para indagar sobre a Mell, qualquer conhecimento obscuro sobre a mesma só com testes adequados a diplomacia.

_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 741
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 23
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Celtz_Valmont em Sab 11 Nov 2017 - 23:55

Ela sorri gentilmente então fala seu monologo como uma verdadeira contadora de historias sempre ao som que somente sua amiga pudesse escutar.

Então você quer um show compartilhado, será um prazer, então irei dar a versão comercial oficial, a verdadeira fica para o espetáculo^~

Dizia piscando para sua amiga.

Nasci na antiga capital dos elfos, eu tinha uma rara beleza entre os elfos, mas mais raro que isso, também nasci com um defeito na perna, muitos me desprezaram por isso e outros muitos elfos, assim sempre me limitando o que poderia fazer, acabei me tornando a Dama defeituosa, não liguei, meus pais me amavam e me criaram, então me dediquei a arte em busca de paz .

Então sua voz mudava o tom de contadora de historia para um que tragico.

Porém quando a capital caiu fui um fardo para minha familia, tiveram que ganhar tempo para que eu pudesse escapar, e mesmo conseguindo isso ainda fomos emboscados, sobrevivi por pouco perdendo meus entes queridos.

Então mudava seu tom tragico para triste.

Porem mesmo sobrevivendo ela não caio em desespero, conseguiu escapar para o norte e encontrar refugio, e mesmo com a queda da deusa ela acreditou que os elfos poderiam se reerguer se aprendessem com seus erros e deixassem o pensamento bobo da antiga perfeição que era so uma ilusão, porém so agravou a situação, ate daqueles que não ficaram deprimidos. Tive momentos que não me orgulho que foram tristes e decadentes, mas sempre mantive a esperança.

Então ela mudava o tom novamente

Mas cansada de ver o sofrimento daqueles que em parte odiavam em parte a amavam e do ódio indiscriminado contra alguns inocentes, resolvi me tornar uma guerreira , para servir como um símbolo de esperança e alegria a todos, mas isso não e uma tarefa fácil, preciso de experiência e amigos, como você, para poder tornar Arton um lugar melhor

Então ela se inclinou numa reverencia marota para sua amiga dando um sorriso afetuoso.

Agora me conte sua historia , será um prazer ouvir tudo que você deseja eu saber.
avatar
Celtz_Valmont
Fostern
Fostern

Mensagens : 128
Data de inscrição : 20/11/2016
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Valkyria em Qua 22 Nov 2017 - 8:29










Ano 1410 - Salzz (4º mês) 6º dia.


Hershey-Ashven



 Mellystrianna seguia caminhando calmamente por entre as diversas mercadorias, parou em frente de alguns tecidos de cores variadas. A Jovem mantinha sua atenção no que Artanis falava, provavelmente foi dificil viver entre toda aquela falsa perfeição alheia de seus iguais. Suspirava cansada com a ideia de novamente perceber que a nobreza de sua raça era tão estupida, mas esperar o que, sendo a imagem de uma deusa mais estupida ainda. Certamente quem sabe, foi merecido seu castigo em ser quase dezimada e perder seu antigo reino, seguir os dogmas e principios de uma Deusa vaidosa só levou todos a ruina sem mencionar que a mesma era realmente fraca.
 Pegando o tecido a sua frente para conferir sua qualidade, que pelo visto era excelente assim como alguns outros itens elficos que compunha grande parte da mercadoria sendo carregada.
-Não foi fácil o que aconteceu em Lamnor foi uma tragedia causada pela arrogância que nós fez acreditar, que eramos uma raça perfeita. É isso que meu pai sempre comenta, apesar dele também ser um pouco arrogante, mas isso as vezes não o afeta em seus julgamentos...
 Dobrando e guardando o tecido com cuidado. Mell voltava a falar com Artanis.
- Aprecio sua força de vontade Artanis, espero que realize seus sonhos...
 Pensativa no que começaria a falar, sem prender-se as suas duvidas continuou com a conversa.
-Minha família. Os Velenarkies, enxergou a cegueira do nosso povo à muito tempo, abandonaram a capital rumo ao recém formado reino de Wynnla, lá ganharam prestigio e tornaram-se influentes. Minha vida sempre foi calma, nasci em Sophand, aprendi o básico da magia com a minha família e fui matriculada ainda novinha na Academia Arcana, na capital minha mãe me obrigou a entrar para As Adoradoras de Wynna, meu futuro. assim minha família espera, é voltar para Sophand e assumir algum cargo importante na Ordem e expandi-la...
 Cansada em pensar no seu futuro no qual sua família já traçou e sem encontrar um jeito de jugir de suas obrigações ou destino quem sabe, Mell sorria para sua amiga.
-Familia! Sempre querendo controlar o nosso futuro...Nem eu sei o que quero fazer depois que terminar meus estudos na Academia Arcana...Artanis encarava a Mell, percebia agora na calmaria que à mesma ainda era muito jovem, teria que ganhar mais uns cento e poucos anos para tornar-se uma mulher madura para sua raça, mas em luta ou frente a outros Mell portava-se como sua raça pedia, de forma elegante e firme, parecia a tal mulher madura de longe lembrava a jovem despreocupada que estava ali sorrindo ao ver os tecidos, apesar de sempre tomar o controle de tudo, costume ruim que adquiriu da Ordem das Adoradoras de Wynna. Mell tocava no ombro da amiga, à tirando de seus pensamentos e mais seria continuava.
-Eu não acredito na conversa do Morion. Ele nem é carismático!? Também não estou aqui por Keenn, Glórienn ou cobrar por algum tipo de vingança merecida pela nossa raça...Estou para adiquerir conhecimento e quem sabe com sorte fazer algumas descobertas...Claro...Claro apertar um pouco a coleira do meu Mentor para ele não cometer suicidio e nas horas vagas fazer algumas pesquisas pessoais e descobrir inúmeros rumores, gosto de me manter bem informada...
 Mell continuou conversando inúmeras trivialidades com Artanis, até convidou à musicista para ir visita-la em Sophand, explicou em meio a gargalhadas um pouco sem jeito o pequeno acidente que teve em Coridrian quando criança destruindo sem querer o patrimônio publico fugindo de um construto. Continuariam conversando mais se não fosse pela presença de um dos ex-piratas de Seera acompanhado de três Legionários minotauro. Na frente do trio o ex-pirata toma a iniciativa.
-Senhoras a melícia esta aqui para averiguar a carga como de costume no porto, nada demais...  
O trio trocou olhares e o mais encorpado deles apenas dava alguns tapinhas nas costas do ex-pirata.
-Amigo, pode subir vamos demorar um pouco aqui... O Segundo legionário empurrava o ex-pirata o forçando a ir na frente, assim que o mesmo deu as costas o minotauro o nocauteou com o cabo de sua arma.
-Eu fico com a mais cheinha...Comentava o Legionário mais encorpado sorrindo, já seguindo para onde estava Artanis. O restante do grupo foi para cima da Mell.
-Nada como mais um dia produtivo de trabalho. Tauron seja louvado! É por isso que amo nosso trabalho...






_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 741
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 23
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Celtz_Valmont em Sex 24 Nov 2017 - 19:00

Ela revirou os olhos para os minotauros, sabia que eles queriam, então olhou para sua amiga e susurrou para esperar, então  ela foi elegantemente para o primeiro Minotauro.

-Calme  não se afobem , temos tempo.

Ela falava com diplomacia para apaziguar a situação.

-Sei que vocês estão animados, parece divertido que vocês estejam planejando.

Ela dava um sorrisinho sedutor para eles e piscava os olhos (enganação seduzir).

-Mas infelizmente minha amiga vai ter que ficar de fora, ela e uma prometida para alguém importante da capital, não posso falar o nome, mas se tentarem algo com ela coisas terríveis vão acontecer com vocês e suas carreiras no mínimo, infelizmente pelo meu contrato não posso lhe fornecer nome por questões de seguranças, porém eu sou uma simples esposa de um mercador, não sou tão importante quanto ela, mesmo que não possa me levar como escrava devido ao meu contato poder ficar furioso, posso lhe dar um tempo inesquecível


Dizia com sua lábia e sedução excepcional , ela estava disposta a se sacrificar e ter relações sexuais mesmo não querendo do que arriscar sua amiga e prejudicar a missão, ela fez isso tão rapidamente e espontaneamente não deixando a Mell reagir aos avanços dos minotauros, mas  rapidamente falando  antes que os Minotauro começassem sua diversão.

Jogadas:

Iniciativa- 18 caso vire um combate
Diplomacia para melhorar a relação dela com os minotauros-19
Enganação para seduzir- 24
Enganação para proteger a Mell e reforçar a sedução-34

Como não começou o combate essa cena durou mais de 1 minuto, ainda e uma cena u social e posso demorar para fazer teste sem penalidade
avatar
Celtz_Valmont
Fostern
Fostern

Mensagens : 128
Data de inscrição : 20/11/2016
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Valkyria em Seg 27 Nov 2017 - 7:45

O Minotauro mais encorpado, para frente a jovem com um sorriso malicioso, Artanis até sentia seu bafo de alguma bebida qualquer, o mesmo estava com as roupas encharcadas de suor e fedendo. Artoratius escuta com calma o que Artanis falava, gostava da ideia de conseguir algo que queria sem ter que machucar a jovem, sorrindo encarou o outro soldado abrindo os braços.
-Por Tauron! Por isso que adora as humanas elas se submetem facilmente sem lutar...Rapazes pelo visto, hoje vai ser um dia produtivo, temos muito tempo para conferir toda a mercadoria... Já que não fomos convocados para os testes de qualidade na embarcação de escravas... Apontava para Artanis seguir até o fundo da embarcação, onde viu uma porta fechada que levava para outra parte mais reservada do lugar, guardava seu gladio e falava com o soldado ao seu lado.
-Leonato! Leve a Elfa para fora e se possível suma... E você Fastos! Venha comigo, pegue algumas tapeçarias, afinal não queremos que nossa gentil e prestativa amiga fique desconfortável temos muito trabalho à fazer... Vou te mostrar alguns truques que aprendi em um templo da Marah quando estávamos destruindo um vilarejo, foi um dia produtivo de saques e festas...
Fastos seguiu à frente reunindo de dentro de um caixote inumares tapeçarias finas com um sorriso malicioso no rosto. Já Leonato seguia de encontro à Mell que estava calada até o momento, esperava a hora certa de agir, deveria separar o trio derrubar um por vez até chegar ao socorro da Artanis, que de forma corajosa assumia o controle da situação, separando o trio.
Artoratius o minotauro mais encorpado já despia sua cota de malha seguindo a jovem até o fundo da embarcação, Fastos já tinha aberto a porta para à outra peça iluminada por lampiões com chamas continuas, arrumava em um canto o leito frente a alguns barris, jogava as tapeçarias no chão e sentava-se em outro canto tirando com calma sua cota de malha seguida de seu cinto onde estava seu gladio. Artoratius fez o mesmo deixando sua cota de malha na entrada do recinto junto a seu gladio, despido seguia para perto da Artanis que percebia que Artoratius era realmente forte mais definido que seus companheiros.
Sorrindo a criatura jogava Artanis sobre as tapeçarias.
-Fastos! Vou te mostrar como se trata uma mulher...Vamos começar com a inspeção...Artoratius com rispidez explorava com suas mãos o corpo da Artanis à machucando, sem chances para a jovem se desvincilhar-se de seus braços.
-Artoratius! Não vai quebar à nossa anfitriã, eu também quero me divertir um pouco, então pega leve...Artoratius gargalhava.
-Vou tentar me segurar, não prometo nada...

Leonato guiava à Mell em direção à escadaria, a jovem passou pelo corredor não conseguia ver onde Artanis estava com aqueles dois infelizes minotauros, temia ser tarde demais em ajudar sua amiga, amaldiçoava o Arthur e Kss por terem saido junto com o capitão, só restava aquele maldito tosco que ficou por azar no quarto do Kss, se amaldiçoava ainda mais por pensar em querer à ajuda dos dois. Limpava sua mente para focar no minotauro a sua frente. Ao escutar as gargalhadas vinda do fundo da embarcação seu coração disparou ainda mais e deixando-a mais nervosa do que já estava, vendo que não encontrava sua amiga, mas já deduzia que estava em perigo na sala do jundo da embarcação, voltou seu pensamento no Leonato, deveria derruba-lo antes de subir as escadas, ajudar Artanis e esconder os corpos, quem sabe acordar o marujo desmaiado, no momento bastava esperar a hora certa para atacar.




Situação:
Fastos (semi peladão): Desarmado e sem armadura;
Artoratius (Peladão): Desarmado e sem Armadura ocupando o mesmo quadrado da Artanis.
Leonato: Normal só esperando para tomar uma paulada na cabeça.
Ex-Pirata: Desmaiado

Iniciativa permanece a mesma caso queira lutar. Ambos estão bem distraidos, muito bem distraidos, pode enganar eles mais um pouco (enrrolando), já que ambos estão amistosos e esperançosos. Ganhando tempo para a Mell, lembrando que são 5 legionários e um Centurião lider que esta na embarcação.

Artanis e Minotauro 3 . Quadrado 4/S;
Minotauro 2. Quadrado 5/G;
Minotauro 1. Quadrado 3/R;
Mell 5/H;
marujo 4/G


_________________
“Podes fazer o que quiseres, desde que não prejudiques ninguém.”
Lema Wicca.
avatar
Valkyria
Athro
Athro

Mensagens : 741
Data de inscrição : 10/07/2015
Idade : 23
Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infiltração em Tapista [Ato 3]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum